Dieta cetogênica: Estes 3 suplementos são essenciais para turbinar os resultados

Para quem ainda não conhece, a dieta cetogênica é uma proposta que visa a redução brusca das porções de carboidratos ingeridos e o aumento considerável do consumo de gorduras, elevando, por conseguinte, a quantidade de proteínas consumidas.Para quem ainda não conhece, a dieta cetogênica é uma proposta que visa a redução brusca das porções de carboidratos ingeridos e o aumento considerável do consumo de gorduras, elevando, por conseguinte, a quantidade de proteínas consumidas.

As mudanças são feitas com o intuito de perder peso. Ainda que, de fato, proporcione o emagrecimento rápido, a dieta é capaz de facilitar uma junção de problemas de saúde como:

  • dores de cabeça;
  • câncer;
  • colesterol alto;
  • cansaço;
  • hipoglicemia.

Para, portanto, ajudar a manter essa dieta, existem três tipos de suplementos que são caracterizados fundamentais para turbinar os resultados! Veja, a seguir!

1. Enzimas responsáveis por digerir gorduras

A digestão de gorduras pode se caracterizar uma dificuldade gigante para aqueles que passam pelo consumo calórico de 10% a até 60% da quantidade total do dia. Com o intuito de que o seu organismo se acostume com o balanço novo dos macronutrientes, aconselha-se que se consuma enzimas específicas para o processo digestório de gorduras.

É importante procurar por elementos que apresentem lipase, um produto específico excretado pelo pâncreas e que, com a ajuda da bile, auxilia a quebrar os elementos moleculares gordurosos em substâncias de ácidos graxos com maior propensão a terem absorção pelo corpo.

2. Substâncias probióticas

Estas são excelentes companhias para qualquer tipo de alimentação, tanto a low-carb, quanto a cetogênica ou a que apresente porções grandes de carboidratos. 

Essa suplementação apodera-se da microflora do intestino, de maneira a promover o crescimento de micro-organismo que ajudam os sistemas de digestão e de imunidade. Os probióticos precisam apresentar as seguintes características principais:

  • contagem de 15 a 100bilhões de substâncias probióticas;
  • micro-organismos – bacillus subtilis, bacillus coagulans, lactobacillus plantarum, saccharomyces boulardii, bacillus clausii;
  • busque por fórmulas que apresentem nutrientes que ajudem a saúde digestiva e imunológica;
  • checar a temperatura de armazenamento para a garantia de uma suplementação qualitativa.

Determinadas bactérias costumam prosperar de forma aprimorada em lugares com refrigeração; demais são constituídas pelos organismos que procedem o solo e que há a possibilidade de manter temperaturas de prateleira.

3. Multivitamínicos cetogênicos

Para acompanhar essa dieta, é possível que tenha algumas dificuldades. Porque se trata de uma alimentação cheia de regras e restrições. Em determinados momentos, os micronutrientes podem se ausentar pelo fato simples de que os costumes alimentares estão um tanto fora da rota. Isto é capaz de desencadear complicação em seguimentos de caráter orgânico de rotina.

Se você se sentir em desequilíbrio de nutrição e energia, a recomendação é fazer uso de multivitamínicos. Essas cápsulas são excelentes para que haja o equilíbrio diário em graus adequados, até que possa se familiarizar com o seu plano novo.

Gostou das informações? Compartilhe conosco a sua opinião!