Acessórios automotivos baratos: onde comprar acessórios para carro durante pandemia

Desde março de 2020 a população do Brasil e do mundo tem passado mais tempo dentro de casa devido à pandemia de Covid-19, recorrendo às compras online, inclusive de acessórios automotivos.

Apesar do aumento das vendas pela internet, grande parte da população perdeu seu emprego ou teve uma redução drástica de salário e, por isso saber onde encontrar boas ofertas de acessórios para carros durante a pandemia é essencial para economizar.

Vale dizer também que devido à crise ocasionada pela disseminação do vírus, existe uma forte tendência de que as pessoas não queiram adquirir veículos novos.

Sendo assim conseguir bons acessórios para manter o carro seminovo ainda melhor são essenciais tanto para a segurança quanto para a manutenção da beleza do veículo.

Apesar das consequências graves da pandemia, ela também tem um lado positivo que é fazer com que as pessoas repensem os seus hábitos de consumo, valorizando mais o conserto do que é usado.

Quando se fala em acessórios automotivos existe uma grande quantidade de opções de diversos tipos e, é preciso pesquisar muito para conseguir itens de qualidade, com as características que você procura, com valores acessíveis. 

A venda de acessórios automotivos na pandemia

A maior parte dos setores da economia sofreram grandes abalos devido à pandemia de Covid-19, que desde dezembro do ano passado vem castigando todo o mundo.

O Brasil particularmente já se encontrava em uma séria crise econômica e, a chegada do coronavírus tornou essa situação ainda mais grave.

Diante disso as indústrias assumiram responsabilidades com a população e, o mercado de autopeças tem tido um papel fundamental em contribuir para que os brasileiros superem esses momentos difíceis.

No entanto a pandemia fez com que a distribuição e comercialização de peças automotivas como alarmes automotivo, som automotivo, mp3 automotivo e outros, fosse prejudicada devido aos impactos ocasionados.

Com a disseminação do vírus muitas fábricas foram fechadas, inclusive as da China, um dos principais fornecedores de peças ao Brasil.

Ademais as fronteiras foram fechadas e muitas mercadorias ficaram presas, enfrentando longos períodos para a sua liberação.

Em território nacional a produção de peças para carros também foi abalada, tanto pelo fechamento das fábricas quando pela falta de matéria prima e problemas para receber materiais.

Além disso deve-se considerar que os valores de matérias primas e peças sofreram grandes alterações devido às oscilações na cotação do dólar.

Por fim tanto a chegada de matérias primas quanto a distribuição dos produtos acabados foi seriamente prejudicada por problemas logísticos devido à suspensão de rotas de entrega e redução do número de funcionários nas operações.

A somatória desses fatores fez com que muitas lojas de peças para carros tivessem problemas para manter os seus estoques normais.

Para piorar ainda mais a situação em março de 2020 foram decretadas medidas de isolamento social, que forçaram o fechamento do comércio, prejudicando a venda de peças por lojas físicas.

Sendo assim as vendas online cresceram muito. Mas é preciso conhecer a proveniência e qualidade dos produtos, além de comprar somente de negócios que contam com segurança para os pagamentos.

Funcionamento de lojas de auto peças durante a pandemia

Desde março de 2020 os serviços considerados não essenciais foram fechados, forçando muitas empresas e lojas a fecharem as suas portas.

No entanto o Decreto 10.329 de 28 de abril de 2020 que foi publicado no Diário Oficial, incluiu a comercialização de auto peças como um entre os serviços essenciais.

Com isso esse tipo de negócio pode funcionar desde que todas as exigências e normas de segurança e higiene elaboradas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) sejam devidamente respeitadas.

Por esse decreto podem funcionar não apenas as lojas de auto peças, como também os serviços de reparo e manutenção de veículos, suas partes e também de peças e pneus.

Tal medida é essencial para garantir que mesmo diante da crise vivida pelo Brasil e o mundo o setor de transportes não seja prejudicado, mantendo assim o bom funcionamento e a ordem das cidades e a distribuição logística por todo o território.

Normas para funcionamento

Apesar de terem o seu funcionamento liberado, as lojas de auto peças devem seguir as recomendações da OMS, estando sujeitas a fiscalização e multas em caso de descumprimento.

Entre as medidas que foram estipuladas, as principais são o distanciamento de pelo menos 1,5m entre clientes e colaboradores, uso de máscara por todos e disponibilidade de álcool em gel em todos os locais.

Plataformas de compra online

Apesar da permissão de abertura das lojas ligadas à comercialização de auto peças, a recomendação de que as pessoas permaneçam em suas casas é válida para todos.

Por isso muita gente tem optado por fazer as suas compras online de forma segura e prática, evitando o contágio pela Covid-19. Algumas opções de plataformas são:

  • OlX
  • Marketplaces no Facebook
  • Mercado Livre
  • Magalu está forte também com o Marketplace no setor de autopeças
  • Amazon
  • Submarino

Dessa forma, apesar da crise é possível manter o seu carro em ordem por meio da aquisição de peças e acessórios automotivos de qualidade e baratos tanto em lojas físicas quanto online.

Veja também: