Vivo Platonicamente Minha Homossexualidade

Meu amigo, há algum tempo tenho tido mais interesse por homens do que por mulheres. O sentimento que tenho é muito sincero, é algo que vai além da cama. Não tenho estereótipo homossexual, prefiro assim, nada contra – mas sempre que gosto de um cara ele também não tem nenhum “perfil visível” homossexual ou bissexual.

Gostei de um homem durante quatro anos e não disse nada até me apaixonar por outro. Contei para um colega de trabalho (escrevendo uma carta) e  então ficamos juntos um tempo – apesar da falta de perspectiva – depois ele passou a namorar e casou com uma mulher. Agora, já em outra cidade, também gostei de um colega de trabalho, ele jogava com a situação, porque percebeu, e quando eu estava triste, zangado, ele tratava de ficar próximo, mas depois me colocava lá em baixo. Também escrevi para ele demonstrando o que sentia. Neste caso, depois de dois anos, tivemos uma conversa de 5 minutos, quando ele disse que não tinha nada a ver – tudo bem – não posso obrigar ninguém gostar de mim.

Quando falo, arrisco perder a amizade ou o cara sair falando por ai quem eu sou. Neste momento estou apaixonado e novamente nas mesmas condições – um cara externamente hétero… já preparei uma carta, um vídeo… sempre tentando ser o menos invasivo… será que estou certo?

Não sei quais são as circunstâncias onde você vive, mas hoje em dia, em pleno século XXI, inclusive com as leis apoiando a união estável entre duas pessoas do mesmo sexo, existe muito mais liberdade para você ser e expressar -se do seu próprio jeito, sem ter que disfarçar tanto. Ninguém pode lhe condenar por isso. Você fala como se estivesse no século retrasado, quando gostar de alguém do mesmo sexo era algo extremamente proibido. Eu sei que numa cidade do interior ainda é muito difícil você ser autêntico, mas em cidades maiores este fato já é bem mais aceito. Uma vez que você saiba de si, que sente atração por homens, é importante que se dê a chance de viver relacionamentos menos complicados.

Muitos homens, quando descobrem o que desejam, mudam para uma cidade maior, onde não há tanta repressão. Outros, focam sua atenções em outros homens que já se sintam livres para viver sua homossexualidade. Ficar a fim de um homem hétero não é bom para você. Seu comportamento se torna  platônico, com a escolha de caminhos espinhosos para si. Você pode mudar o canal, aceitando melhor sua orientação sexual, aproximando-se de pessoas que já estão bem neste caminho. Assim fica mais tranqüilo, sem tanto drama. Tudo é uma questão de inteligência emocional.

Para agendar  um  aconselhamento com Sergio Savian ligue para 011 2368-9305 ou escreva para atendimento@sergiosavian.com.br

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar
wpDiscuz