Uniformes do Corinthians – As Vestes de Um Bando de Loucos

“O Corinthians vai ser o time do povo e o povo é quem vai fazer o time”, foi com essa frase que a história do alvinegro começou. Fundado no dia 1º de setembro de 1910 por um grupo de operários do bairro do Bom Retiro, o Timão se transformou em um dos maiores clubes do Brasil e do mundo. Veja abaixo a evolução dos uniformes de futebol que marcaram esses 103 anos de história.

Do bege ao preto e branco

1910

O primeiro uniforme do time foi inspirado no Corinthians inglês e era composto por cações brancos e camisas beges de mangas longas com golas pretas.

1911

Devido ao desbotamento do bege, a cor oficial da camiseta passou a ser a branca.

1913

Neste ano foi criado o primeiro distintivo do time, que tinha apenas as letras C e P sobrepostas, de Corinthians Paulista.

1914

Do ano de 1914 a 1918 as únicas alterações nos uniformes foram as evoluções do distintivo.

1919

A camisa sofreu grandes mudanças, a gola passou a ser branca e ganhou uma fileira de botões em todo o seu comprimento.

1920

É aqui que o uniforme de futebol do time do Parque São Jorge adquire as cores usadas até os dias de hoje; camisa branca e calção preto.

1921

O modelo de 1919 volta a ser utilizado, só que dessa vez com o calção preto.

1934

O uniforme ganha mangas curtas e perde os botões.

1935

As golas e os punhos da camisa ficam pretos.

1942

A epidemia corinthiana ganha seu atual escudo desenhado pelo ex-jogador e pintor Francisco Rebolo Gonsales.

1945

A camisa do time tenta pela primeira vez utilizar a cor preta com cores brancas.

1950

Entre os anos de 1950 e 1969 algumas alterações foram feitas, mesclando a camisa preta com listras brancas.

1972

Desta data em diante as mudanças no uniforme passaram a ser apenas detalhes estéticos.

1982

Pela primeira vez o clube exibe o patrocínio na camisa.

1992

Miniaturas do escudo do Corinthians são estampadas em marca d’água em toda a camisa.

1996

O distintivo é colocado no meio da camisa e as mangas recebem listras pretas.

2001

Em comemoração ao aniversário de 90 anos do Corinthians, um modelo de camisa especial foi criado, com mangas três quartos, o primeiro escudo do time e com golas semelhantes as das primeiras camisas. Nas costas os antigos distintivos eram homenageados.

2005

Neste período o uniforme passou por poucas alterações estéticas.

2007

O modelo de 1972 serve de inspiração para o uniforme do Campeonato Paulista.

2008

Este foi um ano de muitos uniformes comemorativos. O time estava na série B e alguns modelos foram criados para agradecer a torcida. A primeira foi a camisa na cor roxa, que dizia que o corinthiano é o único “torcedor roxo” e a segunda foi a camiseta da final que levou o time de volta a série A, onde os rostos de alguns torcedores puderam ser estampados.

2009

O uniforme esportivo roxo continuou sendo usado, trazendo apenas algumas alterações.

2010

Muitas edições especiais foram feitas para comemorar o centenário do clube alvinegro:

  • Camisa preta e branca listrada com os anos de 1910-2010 estampados abaixo do escudo;
  • Homenageando o padroeiro do time, São Jorge, o modelo trazia uma cruz roxa, contornada de dourado, em cima da camisa preta;
  • Baseada na versão de 1910, uma camisa listrada, nas cores beges e brancas, com um escudo comemorativo foi criada.

2011

Neste ano foi lançada a primeira camisa sustentável com design futurista na numeração.

2012

Com a ideia “Corinthiano não vive de título, Corinthiano vive de Corinthians”, o time decide tirar as estrelas do escudo após conquistar o penta campeonato brasileiro. Ainda neste ano as camisas do clube homenagearam o estado de São Paulo em diversos modelos.

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar
wpDiscuz