Uniforme Profissional: O Novo Cartão de Visita das Empresas

Aquele que antes servia para padronizar os funcionários, hoje se eleva a um papel de extrema importância, o de contribuir para a identidade visual dos empreendimentos. No mundo corporativo uma boa imagem não esta ligada a grifes, mas, ao comportamento e a postura individual. Mais do que facilitar essa atitude, o uniforme evita problemas causados pelo modo de se vestir no ambiente de trabalho, como saias muito curtas e decotes avantajados.

Os uniformes profissionais venceram os estereótipos tradicionais e estão dando lugar a modelos cada vez mais personalizados.

A primeira impressão é a que fica

Valores, qualidade, luxo, confiabilidade, relaxo e falta de profissionalismo são só alguns exemplos das mensagens que a primeira impressão pode passar para os clientes. Os profissionais representam a empresa e a qualidade de tudo aquilo o que ela pode oferecer, e é sobre esse aspecto que o uniforme desenvolve seu papel com muita eficiência.

Ao implantar esse hábito nos funcionários, o empreendedor deverá assumir todo o investimento que este acarretará, deixando acordado que em caso de mal uso o colaborador arcará com os custos da reposição da peça. É aconselhável que cada profissional receba pelo menos duas trocas de cada traje.

O modelo ideal

De maneira geral os profissionais não gostam de vestir uniformes , principalmente quando se fala de mulheres, por isso a opinião de quem vai usar é importante na hora de definir o padrão. Uma conversa com a equipe pode ser uma boa alternativa para evitar futuros conflitos quanto a rejeição do uniforme, afinal ele comunicará a marca da instituição.

Estilo

O modelo pode variar de acordo com a identidade e a necessidade da empresa. Há confecções que oferecem moldes preestabelecidos e aquelas que permitem a customização do uniforme.

Tecido

O truque é procurar por tecidos que possam ser lavados seguidas vezes sem perder suas características. De preferência para os quenão aderem sujeira e nem amassem com facilidade.

Cores

A escolha das cores deve ter em vista que o uniforme profissional é de uso diário, e que determinados tons podem poluir o ambiente, incomodando os colaboradores em longo prazo.

Lembre-se: tonalidades escuras passam respeito e profissionalismo, enquanto as claras refletem descontração e criatividade.

Calçados

Tanto em ambientes formais como nos informais, sapatos fechados são sempre os mais indicados, pois garantem uma boa aparência independente da higiene dos pés de cada funcionário. Para manter uma boa estética, um manual das cores que combinam com o uniforme pode ser uma boa opção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *