Arquivo da tag: exercícios em casa

Os Benefícios de Pular Corda

Quando se trata de fazer exercícios, as pessoas têm uma série de opções em equipamentos disponíveis. Estas opções tendem a crescer cada vez mais ao longo do tempo, pois cada novo aparelho lançado afirma ser superior aos aparelhos mais antigos. Apesar disso, muitos especialistas acreditam que os exercícios mais simples podem ser os melhores. Sendo um dos equipamentos mais antigos usados para fazer exercícios, este simples equipamento tem um número enorme de benefícios. Aqui estão apenas alguns deles.

Primeiro, pular corda é um exercício cardiovascular fantástico. Estudos têm mostrado repetidamente que o exercício cardiovascular é o tipo de exercício mais importante, pois melhora a saúde do coração, sendo constantemente relacionado a uma maior longevidade. Felizmente, o exercício cardiovascular não precisa ser longo nem muito intenso: três sessões de 15 minutos por semana é suficiente para obter benefícios reais.

É possível pular corda em um espaço limitado. A maioria das formas de exercício cardiovascular requer máquinas grandes ou que o praticante o faça ao ar livre. Para aqueles que vivem em clima especialmente quente ou frio, se exercitar dentro de casa é muito mais conveniente. Para pular cordas, não há desculpa para evitar o exercício físico. Além disso, especialistas em educação física acreditam que os exercícios mais eficazes são os que são mais fáceis de fazer. Aprender a pular corda para a maioria das pessoas leva apenas alguns minutos, e a facilidade do exercício ajuda a quem está tentando ficar em forma a desenvolver hábitos saudáveis.

Muitas formas de exercício podem acarretar lesões. Mesmo algo tão simples como correr pode causar lesões no joelho e outros problemas potenciais. Pular corda, no entanto, possibilita a prática de um exercício que é bastante leve para as articulações. Apesar de que aqueles com problemas no joelho devam consultar com um médico antes de embarcar em um intenso regime de exercícios, pular corda geralmente pode ser feito sem causar quaisquer problemas. Além disso, pular corda vai ajudar a fortalecer os músculos da perna de uma pessoa, que são úteis para a prevenção das lesões que as pessoas tendem a adquirir à medida que envelhecem.

Outro grande benefício de pular corda é que este é um exercício divertido de fazer. É possível pular corda enquanto se ouve música e combinar os pulos com o ritmo da música, e existem várias técnicas de pular corda que podem ser aprendidas ao longo do tempo. Agora é colocar a mão na massa! Experimente você também acrescentar esse fácil exercício a sua rotina e colha os excelentes benefícios que ele certamente irá trazer para a sua vida.

Fazer Flexões de Braço Aumenta a Massa Muscular?

Quando se fala em ganhar massa muscular, é automaticamente assumido que a única maneira de fazer isso é “puxando o ferro”. E, enquanto eu não posso dizer que discordo, dado a importância e a eficácia dos treinamentos de peso convencionais nas academias, é importante ressaltarmos alguns métodos mais simples: aqueles que não requerem equipamento, e que nós podemos fazer a qualquer hora, em qualquer lugar.

Possivelmente o mais famoso exercício que usa somente o peso do corpo é a flexão de braço. Para aqueles que não ainda não observaram isso, a flexão de braço é um exercício praticamente idêntico ao supino, salvo algumas diferenças. A flexão é um exercício que trabalha os deltóides (ombros), peito (peitorais), o tríceps e, por causa da forma com que o corpo é levantado, a parte inferior das costas. E sim, sob certas circunstâncias, as flexões de braço podem e certamente vão construir músculos.

Só porque não estamos usando halteres e anilhas aqui, não pense que as regras básicas de construção muscular saíram voando pela janela… Não. Elas ainda se aplicam. Porém, a fim de ganhar músculos e continuar o ganho de massa muscular, uma pessoa deve constantemente treinar contra uma resistência cada vez maior (mais peso).

Então, até certo ponto – principalmente para quem é sedentário – flexões de braço irão certamente ajudar trabalhando uma grande porção da parte superior do corpo e braços, mas, a menos que mais peso seja adicionado conforme houver progresso, embora os ganhos de resistência possam continuar, a força real e os ganhos de tamanho vão parar logo depois que o corpo se adaptar ao próprio peso.

Se você não quer treinar com pesos, mas gostaria de fazer o melhor que você pode com flexões, eu tenho uma dica para você: use uma mochila e vá colocando alguns objetos, como livros, progressivamente. Assim você conseguirá levantar cargas cada vez mais pesadas. Enquanto você estiver adicionando mais e mais peso, não haverá razão para que você não continue crescendo – claro que também deve haver atenção na sua alimentação.

Eu recomendaria fazer flexões não mais que três ou quatro vezes por semana, com um dia de descanso entre cada sessão. Tente fazer flexões com 12 a 15 repetições e ter um descanso de dois a três minutos antes começar cada série. Três séries serão uma boa maneira de você começar. É claro que existe uma série de fatores que também pode auxiliar no desenvolvimento muscular, como boa alimentação e exercícios para as outras partes do corpo.

Então, respondendo a pergunta do título novamente: Sim, fazer flexões pode sim aumentar sua massa muscular. Entretanto é importante que você adicione mais peso conforme houver progresso, se quiser dar continuidade ao crescimento dos músculos.

Exercícios de Resistência com o Peso do Corpo

A melhor maneira de aumentar a força e a resistência dos músculos é através de exercícios compostos, ou seja, exercícios que afetam vários grupos musculares de uma só vez. E a melhor maneira de fazer exercícios compostos é através da resistência comum ao seu peso corporal.

Estas rotinas não vão fazer você inchar como os aparelhos de uma academia tradicional, mas eles vão criar uma base muscular firme e robusta melhor do que qualquer outra forma de exercício. Você vê, quando se exercita contra o seu próprio peso corporal, que precisa ter um maior controle e coordenação bem como a demanda por força é de maior intensidade. Tomemos, por exemplo, a flexão: Este é um dos melhores exercícios compostos que existe e muitas vezes é deixado de lado.

Você pode não ter tido conhecimento disso, mas quando você faz flexões você está espalhando uma tensão sobre seu tríceps, peitoral e trapézios. Há algum efeito mínimo sobre as pernas e glúteos, dependendo da qualidade com que é realizado o exercício. Uma vez que a tensão reverbera por todo o corpo, você está realmente desenvolvendo músculos fortes e resistentes.

Os músculos ganhos com exercícios de resistência deixam seu corpo realmente forte e não apenas com aquela aparência de inchado como é comum entre os frequentadores acíduos de academias. Se você se preocupa com sua saúde, com certeza vai preferir treinar com a resistência do peso corporal, visto que estes exercícios são perfeitamente capazes de proporcionar mais força sem necessariamente aumentar seu peso.

Se você tomar conhecimento dos melhores exercícios compostos e incluí-los em sua rotina a cada dois dias, não irá demorar muito até que você começe a ver e sentir os resultados. Embora que com exercícios compostos você não possa acrescentar massa muscular da mesma forma que com treinamentos de peso livre, eles irão criar uma definição muito visível em seus músculos além de muitos outros benefícios para sua saúde como um todo.