Software Comercial e Geração de Lucros

Quando falamos em comércio, logo pensamos em dinheiro e lucro, não é mesmo?! Pois bem, na tradução literal do termo, “Softwares comerciais” nada mais são do que programas de computador feitos para serem vendidos e gerar lucro para o seu desenvolvedor e, se for o caso, para o seu revendedor.

O software comercial é desenvolvido com funções específicas, de forma que o seu valor de mercado seja significante. E, temos como valor não apenas o preço. O valor de um produto ou serviço, segundo definições do marketing, é a soma de “custo x benefício”. Ou seja, quanto maior for o benefício de um serviço, maior será o seu valor para o mercado e, claro, para o seu consumidor final.

Hoje temos vários tipos de softwares comerciais, no mercado. Há os que são revendidos por grandes empresas, e os que são desenvolvidos e vendidos por empresas específicas. Mas, o que importa, no final das contas, é o lucro que eles geram.

Para entender melhor o contexto de software comercial, é necessário que se entenda a sua utilização. Pense em um estúdio fotográfico moderno, de última geração. Os profissionais utilizam recursos avançados para que as suas fotografias tenham um melhor resultado final, correto?! E, para chegar no resultado esperado, não podem contar apenas com a iluminação, a lente da câmera e o modelo / objeto a ser fotografado.

Na grande maioria das vezes, para se chegar à perfeição, os profissionais utilizam recursos de softwares específicos, para pequenos (ou grandes) ajustes em suas obras. Mas, estes softwares não são fabricados por eles, são comprados. Ou seja, são softwares comerciais, que foram comprados por estes profissionais e geraram lucro para a empresa que o desenvolveu e, na grande maioria das vezes, para a sua revendedora.

Hoje, existe software comercial para as mais diferentes áreas… Seja para a elaboração de desenhos, para o planejamento dos setores de uma empresa, para controle de estoque… A lista é infinita. E, o mais interessante é que a geração de lucro não para por ai. Afinal, com um novo software, é necessário que se tenha treinamento para a sua utilização, o que gera mais lucro para a empresa desenvolvedora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *