Se o Mundo Fosse Um Silêncio

O que seria de nós se o mundo fosse um silêncio? Você já parou para pensar que o ruído incomoda, o barulho do trânsito, o trabalhador da obra da esquina, o avião que passa rasgando poeira por sobre o telhado do edifício mais próximo do aeroporto em que você mora?

Tudo é barulho, a poluição sonora está em cada segundo de nossas vidas, a nossa voz é constituída de som, tudo está ligado ao som, a guerra é barulhenta, o amor também, as brigas são sonoras e a alegria também.

E se o som não existisse? A vida teria mais sentido?

Imagine o silêncio, apenas o silêncio, faríamos tudo em silêncio, não ouviríamos nada, apenas sentiríamos, o silêncio faria parte de tudo o que nos rodeia e nada mais faria sentido, apenas o silêncio.

Assim a vida teria mais sentido?

Falo tudo isso como caminho para reflexão, o ruído realmente incomoda, mas sem ele, não seríamos o que somos, a música faz parte de nossas vidas, sem ela não seríamos nada, imagine assistir à um filme de terror sem aquela música de fundo que incomoda até mais que o próprio filme? Seria muito sem graça, o sentido de um filme de terror está na música incomodativa que gera transtornos e medo.

Imagine ir dançar sem música, seria a mesma coisa que comer sem prato, que beber sem bebida, que cheirar sem nariz.

Aí nos perguntamos?

Mas a música de hoje em dia tem uma qualidade tão discutível que às vezes é melhor o silêncio mesmo.

Sim, eu acredito nisso, mas esqueça dos transtornos causados pelo ruído excessivo, pense nisso e valorize o barulho, escolha a música que quer ouvir, não dependa das rádios nem dos aparelhos de televisão, pois eles servem apenas para impor algo que querem vender, eles servem para isso, ganhar dinheiro a troco de usar as pessoas.

Acesse o youtube, ouça a música que quiser, a hora que quiser, não dependa de ninguém, seja você, acesse seu blog de música favorito, todos os dias eu por exemplo vejo as novidades do Let me sing, que como diria Raul Seixas: Let me sing, Let me sing, Let me sing my Rock and Roll.

Enfim, faça o quiser, seja você mesmo e valorize o ruído seletivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *