Redes de Proteção para Apartamentos

As redes ou telas de proteção estão cada vez mais sendo utilizadas como formas de proteger crianças, animais, e adultos, de lugares que contém uma altura elevada. Nesse artigo você irá aprender algumas coisas básicas, porém essenciais na hora de escolher sua rede, dentre alguns aspectos de segurança.

Escolha da rede de proteção

Em geral, não há muita diferença de uma rede de proteção para outra, o que muda mesmo é apenas o material que foi utilizado para a fabricação que pode ser mais, ou menos resistente, como também o tamanho da malha, que poderá fazer a diferença.

Em relação aos materiais das redes, não é possível utilizar redes fabricadas por reciclagem como fonte de proteção (como é feito por algumas pessoas), pois não serão seguras. Geralmente as telas de proteção são feitas de polietileno ou poliamida.

Não há tanta diferença entre um e outro, mas há algumas características que poderão ser levadas em consideração, por exemplo:

O polietileno é um material impermeabilizado, e possui uma grande resistência em relação à variação climática do tempo, ou seja, terá uma maior durabilidade, e menos chance de desbotamento ou envelhecimento, se comparado às redes de poliamida. Portanto, uma rede feita por polietileno é uma boa opção para janelas, varandas e sacadas, já que são redes que poderão ter mais contato com o sol.

Já a rede feita por poliamida (nylon) tem um aspecto que lembra a tecido, e é uma rede mais recomendável para ser utilizada dentro de casa por ela não ser impermeabilizada, e ter uma menor resistência ao clima.  Mas isso também não impede o uso em sacadas e janelas, apenas não é o mais recomendável.

Tamanho da rede

Para crianças, animais, e impedimento de brinquedos que podem ser jogados lá de cima pela criança, o mais indicado são malhas menores para evitar a passagem, que tenham pelo menos de 5 cm.

Cores

Há muitas cores de redes de proteções disponíveis que podem ser escolhidas de acordo com sua preferência.

Como saber se a rede está segura?

Caso fique com alguma dúvida em relação à proteção, você mesmo poderá fazer um teste pressionando as mãos contra as redes forçando um pouco, e ficando atento ao resultado surgido. Como por exemplo, se algum gancho se solta, ou a rede se rompe, nesse caso deverá ser feito a troca.

Se de algum modo não se sentir seguro em relação à rede, a empresa de instalação poderá ser consultada para fazer uma avaliação, e quem sabe será feita uma substituição da mesma.

Manutenção

Para que a manutenção possa ser feita de maneira correta, deve ser evitada a utilização de produtos químicos, que na verdade podem danificar a corda. Desse modo, utilize apenas um pano úmido, e já estará de bom tamanho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *