Mapa Mental: O que é?

Você conhece o que é um Mapa Mental? É provável que você tenha ouvido alguém falar sobre a ajuda dele para estudar, guardar dados ou até organizar informações, porém não tenha noção de como funciona esse estilo de esquema. Devido a isso, neste post explanarei o que é um Mapa Mental e também o motivo do porque você poderia utilizá-lo. Um Mapa Mental é um esquema que funciona como uma representação gráfica de ideias com relação a um tema central.

Como ele funciona?

Primeiro passo, você define o assunto principal do Mapa. Esse tema deverá ficar no centro do mapa. Logo após determinar o tema, você escreverá os tópicos que estão relacionados a esse assunto. São esses tópicos que vão aparecer nas primeiras ramificações ao redor do meio do mapa mental. Com os tópicos desenhados, chega o momento de você inserir subtópicos, estes que serão as ramificações de cada um dos tópicos.

A partir dai você vai adicionar novos ramos que estejam relacionados ao o seu assunto. Se seguirmos a analogia de uma árvore, temos o tronco (tema principal), os galhos (os tópicos), os ramos (subtópicos) e as folhas (ideias relacionadas aos subtópicos).

Conheça a história

Você sabia que os mapas mentais já existem a séculos? Em blocos de anotações de Leonardo Da Vinci, foram encontrados diagramas de pensamentos desenhados de forma não-linear, parecidos aos mapas mentais. O pintor Pablo Picasso também foi um grande apreciador dessa organização não-linear de ideias. Porém, foi apenas na metade do século passado que Tony Buzan sistematizou o que agora conhecemos como Mapas Mentais. Esse autor escreveu uma série de livros que explicam como utilizar e criar esses diagramas.

O que faz alguém usar mapas mentais?

Agora que você já conheceu a história e o que são os Mapas Mentais, logo vale a pena levantar os motivos que levam a utilizá-los.

Tem semelhanças com a nossa mente

A estrutura usada em mapas mentais é semelhante à do nosso cérebro no momento que trabalha com conexão de ideias e informações.

No momentos em que estamos aprendendo algo, esse novo conhecimento raramente é algo tão novo para nós. Na realidade, criamos conexões sobre o tema que estamos aprendendo com algo que já temos conhecimento

Essa forma de relacionar informações e criar conexões torna possível que o mapa mental se assemelhe ao jeito de trabalhar do cérebro.

É de fácil memorização

Como escrevi anteriormente, o mapa mental utiliza a relação de informações, e isso o torna realmente útil para que consígamos memorizar o que já aprendemos. Temos a maior capacidade de lembrar de dados a partir de associações. Esse é um dos motivos que os mapas mentais são bastante utilizados por participantes de Concursos aqui no Brasil. Ele é útil para as pessoas recordarem e associarem o que estudou a dias ou meses atrás.

Pode organizar dados

É provável que alguma pessoa mais experiente possa ter te dito uma frase como essa: “A melhor forma de organizar as ideias que temos na mente é colocando-as no papel”. E uma das melhores formas de organizar todas as informações é através dos Mapa Mentais. Eles utilizam uma hierarquia não rígida na qual é fácil inserir e modificar informações.

Tente desenhar as suas ideias em um mapa mental e veja depois como ele ficou bem organizado.

É objetivo

Eles conseguem sumarizar e colocar as informações em uma ordem lógica utilizando uma pouca quantidade de palavras, o que torna fácil e rápido de analisá-los. Espero que você tenha gostado do artigo e aprendido o que são mapas mentais.

Gostou do texto? Caso você queira ver mais como esse, acesse o meu website. Nele escrevo sobre diferentes temas como: desenvolvimento pessoal, mapas mentais, organização pessoal, administração do tempo e marketing pessoal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *