Detetive Particular

A profissão de detetive particular é atualmente uma atividade extremamente bem remunerada no Brasil, sendo no entanto necessário, para se pertencer ao número de investigadores que auferem salários muito acima da média dos brasileiros, realizar alguns investimentos financeiros e de tempo. Na publicação de hoje, vamos dar algumas dicas para se tornar num detetive particular de sucesso no Brasil.

Antes de tudo, é necessário frequentar um curso de detetive particular. Existem vários no Brasil de grande qualidade, que lhe conferem o diploma e lhe dão a carteira de detetive, sendo que, em média custam cerca de R$ 300. Para frequentar estes cursos, normalmente os requisitos são mínimos, bastando ter o cadastro criminal limpo e ser maior de idade. As ações de formação geralmente são leccionadas online, e em pouco mais de uma mês, caso o aluno se aplique, pode estar apto a exercer a atividade. No entanto, é necessário ter em atenção que não é suficiente tirar o curso para começar a ter clientes.

Posteriormente, terá que criar uma agência de detetives, e acima de tudo, investir bastante em propaganda. Neste sentido, sugerimos que o faça nos anúncios de imprensa local/regional e que aposte muito na divulgação dos serviços que presta, através da Internet, pois é hoje em dia o meio mais utilizado por parte de quem procura profissionais do sector da investigação. Sugerimos vivamente que contrate um agência de marketing digital, para que o possam ajudar a melhorar a sua presença online, nomeadamente nos motores de busca e nas redes sociais, mais concretamente no Google e no Facebook, respectivamente, duas plataformas de enorme potencial na geração de negócios.

Feito esse investimento, que rondará os cerca de R$ 700, o próximo passo será investir em equipamentos de investigação que lhe permitam, quando tiver os primeiros clientes, conseguir resolver as investigações solicitadas com o máximo de profissionalismo, sigilo, discrição, e em um menor espaço de tempo possível. Esses equipamentos podem ser facilmente encontrados em lojas online ou mesmo lojas físicas, e cerca de R$500 serão perfeitamente suficientes para ter à sua disposição uma panóplia de ferramentas que o vai auxiliar com grande eficácia na resolução das investigações e na obtenção de provas.

Somando todos estes valores, chegamos à conclusão que cerca de R$1500 R$2000 são o investimento necessário para se tornar detetive particular em pouco mais de dois meses e começar a ter os primeiros clientes. Posteriormente, o seu sucesso dependerá apenas de si e da qualidade da sua equipa de trabalho. Por hoje é tudo. Em breve voltaremos com mais publicações com dicas para quem pretende exercer esta actividade, ou para potenciais clientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *