Cosméticos Naturais são um Presente para sua Pele

Temos de começar por dizer que a estética é a arte que busca a saúde, a higiene e beleza do corpo, especialmente da pele. A pele é a principal barreira que protege nosso corpo do meio externo. Nesse momento, é importante observar as principais diferenças entre os cosméticos naturais e os cosméticos artificiais.

Hipócrates certa vez afirmou que a saúde brilha em uma pele bonita natural, e assim devemos construir hábitos saudáveis, como comer bem, respeitando-se as horas de sono e repouso, evitando a exposição prolongada ao sol ou em ambientes contaminados e promovendo a limpeza diária da pele usando cosméticos naturais.

Os cosméticos naturais são livres de produtos químicos sintéticos tóxicos para a pele, que são muitas vezes a causa de problemas como a dermatite, alergias, entre outros. Confrontando com os benefícios comprovados de cosméticos naturais baseados principalmente no uso de matérias-primas vegetais, os laboratórios de cosméticos artificiais usam produtos sintéticos e de origem animal ou mineral, muitas vezes derivados do petróleo, que causam muitas doenças de pele e até mesmo alguns tipos de câncer, como tem sido relatado em alguns estudos.

Os cosméticos naturais preservam e protegem o equilíbrio da nossa pele, não alteram o pH, são estimulantes e revigorantes, preservando a hidratação natural da pele através da criação de um manto protetor na epiderme. Tudo isso através de tônicos, loções, sabonetes artesanais e hidratantes que usam ervas em sua composição, tais como aloe vera, calêndula, camomila, lavanda, eucalipto, gerânio, jasmim, limão, narciso, mel, alecrim, sândalo, tomilho, sálvia, chás, etc. Sempre com um efeito natural, eficaz e sem efeitos colaterais.

Em contraste com os cosméticos naturais, os cosméticos artificiais contêm diversos truques para disfarçar os seus efeitos nocivos. Geralmente, os laboratórios usam perfumes sintéticos nesses produtos. Os perfumes sintéticos possuem cheiros fortes e são substâncias estranhas à nossa pele, muitas vezes alterando seu equilíbrio natural e podendo acarretar alergias e coceira.

O mesmo acontece com outras substâncias artificiais que incham a pele, apagando rugas (e causando prematura flacidez na área onde é aplicada); Agentes de branqueamento que podem alterar o pH da pele e a produção adequada de melanina; Óleos minerais, tais como a parafina ou a vaselina, que literalmente sufocam a pele, prejudicando transpiração adequada; Fenóis, que são utilizados como conservantes e corantes e, em longo prazo, podem destruir as paredes celulares… Infelizmente, a lista de produtos químicos utilizados em cosméticos artificiais cujo efeito é prejudicial para a pele, e para a saúde em geral, é muito longa e não caberia apenas neste artigo.

Dito isso, meu conselho é usar sempre, na medida do possível, cosméticos naturais, os quais tonificam e protegem a nossa pele, para qual nós devemos prestar atenção especial, pois é ela que nos protege e age como uma barreira contra patógenos e contra a ação agressiva do sol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *