Como Fazer Planilha de Gastos

Uma planilha de gastos para algumas pessoas pode aparentar ser algo simplesmente inutil, afinal, você administra bem o seu dinheiro, nunca falta e ainda consegue pagar todas as contas que tem, porém, no final de um ciclo de 6 meses você recebe uma carta na qual informa que você é devedor de algo que sequer lembrava, como por exemplo um cartão de crédito que você utilizou apenas uma vez, e provavelmente você não estará amparado financeiramente para lidar com esta dívida, sendo assim, sim, a planilha financeira é e muito importante tanto para as pessoas comuns, como também para as empresas, afinal, é com ela que se acaba por ter um controle mais específico de tudo aquilo que se tem para gastar.

Como fazer planilha de gastos

Antes de mais nada, é necessário que você crie uma planilha, podendo esta tanto ser no computador, como também em um caderno comum, sendo que o ideal é que você separe sempre as informações por meses, ou seja, as páginas deverão ser separadas por meses, assim você terá um controle do ano inteiro.

Em uma coluna da sua planilha, você deverá ter a informação com relação aos seus ganhos, ou seja, salário, mesada, abono, 13º entre outros ganhos que você possa vir a ter relacionados a datas, ou seja, se você recebe R$1000,00 no dia 05, deixe uma coluna para esta data. E então em uma outra coluna, você deverá dar prioridade para os gastos fixos, ou seja, aluguel, combustível, alimentação, escola das crianças, plano de saúde, parcela do carro, cartão de crédito, poupança, e por fim, gastos eventuais, e claro, todas as outras contas fixas que você tiver como água, luz, telefone, internet entre outras.

Feito isto, você notará que provavelmente o seu dinheiro é sim o suficiente para pagar as suas contas, e caso haja dívidas neste planejamento, entre em contato com os seus credores para realizar o parcelamento, e então obter parcelas que sejam baixas e claro, que não comprometam o seu orçamento. Com a planilha de gastos, ficará muito mais fácil administrar o dinheiro que sobra, sendo que você poderá guardar, por exemplo 50% em uma poupança, e o restante gastar para o seu conforto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *