China – Entenda as Razões do Boom Econômico do País

Desde que a China passou a adotar a economia de mercado, o país enfrenta crescimento econômico inegável nas últimas décadas.  Essa média, nos últimos anos, gira em torno de 10% ao ano, taxa superior a praticamente todos os países do mundo, inclusive a dos desenvolvidos. O gigante asiático teve alguns abalos, da mesma forma que todos, mas sobreviveu à crise econômica de 2008, que pôs os Estados Unidos e vários países da Europa na recessão. É impensável deixar de estabelecer relações comerciais com esse país, que há algumas décadas não tinha carros novos, e a população rural era praticamente dominante.

Arranha-céus marcam a paisagem do atual cenário chinês 

Hoje a população rural ainda é maior na China, e há muitos problemas sociais, todavia as cifras confirmam o boom do país rumo à industrialização. Como a economia chinesa é de aproximadamente 7,6 trilhões de dólares, o dragão asiático só perde para os Estados Unidos, sendo a segunda maior economia global. Os aspectos relacionados que comprovam o desenvolvimento chinês são visíveis para quem viaja para Pequim, Xangai, Hong Kong, e Guangzhou, ou mesmo percebe em encartes coloridos, os prédios enormes, e suntuosos sistemas de transporte destas grandes cidades.

Mas quais são os motivos que impulsionaram a economia chinesa? Há vários fatores: A china é o principal importador de matéria prima do mundo, para se ter uma ideia, é responsável pela produção de quase metade de todo o cimento do mundo. Há um investimento maciço nas áreas de petróleo, carvão mineral, e mineração. Com o crescimento econômico, há aumento no número de consumidores, e consequentemente abertura de novos postos de emprego.

Maior feira de negócios do mundo ocorrerá em Outubro em Guangzhou

Nesse impulso desenvolvimentista, investidores de empresas de variados portes de todos os cantos do mundo se aproximam da China com o propósito de estreitar laços comerciais. Observando tais informações, é constatável que não é surpresa que lá ocorre a maior feira de importação e exportação do mundo, a Canton Fair, que esse ano será realizada em Outubro, em mega espaço na cidade de Guangzhou. O local conta com aproximadamente 59 mil estantes, onde empresários de todos os continentes expõe e comercializam seus produtos. É completamente crível a previsão de alguns especialistas que indica que a China pode ser a principal potência econômica nos próximos anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *