Arquivo da categoria: Liderança

Competências Emocionais Também São Analisadas por Empresas

Já se foi o tempo em que as empresas prezavam apenas por profissionais com sólida formação acadêmica e experiência profissional relevante. Atualmente, diversos pontos de experiências pessoais são levados em consideração e podem até mesmo ser considerados diferenciais em seu currículo e apresentação. Viagens ao exterior (mesmo que por lazer ou estudo), trabalhos voluntários e, principalmente, treinamentos que envolvam competências emocionais chamam a atenção do recrutador e podem ser o ponto que faltava em outro candidato à mesma vaga.

As competências emocionais são pontos importantes para o desenvolvimento da liderança inspiradora e eficaz e faz diferença nos resultados alcançados pela empresa, tanto por cada colaborador em particular como quando analisamos a empresa em si. Com o desenvolvimento de tais atributos os funcionários ficam mais dispostos e produtivos, além de perceberem uma melhora no clima do ambiente de trabalho.

Palestra de liderança faz diferença

Estudos apontam que muitas vezes o problema de produtividade e baixos resultados de uma empresa não está na questão técnica, maquinários e produtos, mas sim, nos funcionários, especialmente os de linha de frente (vendedores e atendentes). Para garantir que o cliente tenha a melhor experiência possível com a empresa, seja fidelizado e até mesmo traga novos clientes, é preciso atenção com o atendimento prestado.

Com um treinamento de atendimento e palestra comportamental, os funcionários mudam sua visão sobre o trabalho e seu papel na empresa. Dessa forma eles passam a produzir mais e melhor, além de trabalhar para que o ambiente de trabalho seja mais agradável e que o cliente seja fidelizado. Em tais treinamentos, a figura do líder é enfatizada e o mesmo deve ser eficaz e inspirador.

Palestra de liderança também é importante

Assim como os colaboradores em geral podem ser melhor aproveitados na empresa após um treinamento de atendimento, os gerentes e chefes devem saber utilizar a liderança a seu favor, sendo inspiradores e admirados pelas equipes. Para que o líder consiga exercer seu papel de comando, é preciso que os liderados o reconheçam como tal e para isso são necessárias algumas competências emocionais.

Para liderar de forma eficaz é preciso saber entender o outro, assumir riscos e responsabilidades, ter empatia e reconhecer erros. Ao acreditar no líder e em suas competências emocionais os funcionários sentem mais liberdade em sugerir mudanças e adaptações, que podem mudar os resultados da empresa e também alavancar sua receita.

Liderança com Foco em Resultados

O presente artigo se propõe a refletir sobre a liderança e sua orientação para resultados. Para tanto, tece-se algumas considerações sobre a definição de liderança, abordando sobre a liderança orientada para a tarefa e a liderança orientada para as pessoas, enfatizando ainda, as características do líder. O debate aqui esboçado tem como foco identificar as potencialidades relativas à liderança de modo a garantir um clima organizacional favorável a um bom desempenho da equipe de trabalho. Logo, enfatiza-se a motivação como aspecto importante no alcance dos objetivos organizacionais. Este estudo bibliográfico aponta que no processo de gestão empresarial deve-se levar em consideração não apenas as tarefas a serem executadas, mas também que os funcionários estejam motivados a executá-las, propiciando assim, concomitantemente o autodesenvolvimento do líder, o desenvolvimento da equipe e o crescimento da empresa.

A concorrência acirrada que as empresas brasileiras vivenciam, exige que elas organizem seus processos, buscando a excelência na qualidade de modo a superar as expectativas de seus clientes, assim ser mais competitivas e garantir seu sucesso e longevidade. Desafios esses que se colocam frente às constantes mudanças decorrentes da globalização e financeirização do capital.

É nesse contexto de reorganização do capital que emerge a necessidade das empresas criarem estratégias de inovação e o reordenamento das atitudes e habilidades da equipe de trabalho em torno do alcance dos objetivos organizacionais. Assim sendo, o papel do líder e a forma de liderança por ele adotada poderá estimular ou não o desenvolvimento pessoal e profissional das pessoas integrantes da equipe de trabalho e impactar positivamente ou negativamente no desempenho e produtividade.

Frente a isso, torna-se importante enfocar a necessidade do líder assegurar um clima organizacional propício ao crescimento das pessoas e da empresa, tendo como pressuposto que na contemporaneidade as empresas devem atuar na condução de questões relativas ao relacionamento humano de modo a impulsionar talentos, criar competências e estimular potencialidades.

Desse modo, a gestão motivacional é fundamental para a sobrevivência da empresa, os líderes devem criar um ambiente propício a todos, para que haja desenvolvimento, trazendo para perto de si todos os componentes de sua equipe e assim observá-los melhor, para melhor dirigi-los.

O presente artigo tem como objetivo relacionar a liderança com os resultados. Para tanto, construiu-se a fundamentação teórico sobre as principais categorias: clima organizacional, liderança e motivação. A metodologia da pesquisa é descritiva, a qual consistiu em pesquisas bibliográficas por meio de livros, revistas e artigos científicos, abrangendo os aspectos determinantes em torno das referidas categorias.

Nestas feições, o estudo em questão é relevante na medida em que fornece subsídios teóricos para a re-condução do processo de liderança no âmbito empresarial em torno do alinhamento entre os objetivos organizacionais e o crescimento pessoal e profissional de sua equipe de trabalho, bem como, contribui na produção científica sobre a temática.

O estudo em questão permitiu evidenciar que as lideranças no âmbito empresarial para o alcance de resultados organizacionais eficazes devem preocupar-se para além da execução das tarefas, isto é, ter como foco central as relações humanas e não somente se centrar nos produtos e serviços, buscando ainda, propiciar um ambiente favorável de modo que haja o crescimento dos funcionários e do próprio líder. Logo, se torna ímpar que a equipe de trabalho esteja motivada.

Ressalta-se que o clima organizacional reflete nos comportamentos dos funcionários, na motivação, bem como na produtividade e na satisfação das pessoas, portanto, o líder deve propiciar condições para um bom ambiente de trabalho, de forma que os funcionários estejam motivados a atingir seus objetivos e empenhem-se em proporcionar o sucesso da organização.

O alcance de resultados favoráveis tanto à equipe quanto à empresa depende da forma da liderança, por este motivo teceu-se considerações sobre a categoria liderança, os estilos e características do líder, sem a pretensão de esgotar esse debate amplo e complexo. A abordagem aqui traçada direcionou-se em enfocar a importância da preocupação da liderança com o capital humano. E, nesta direção a gestão motivacional representa uma estratégia primordial no alcance de crescimento pessoal e profissional da equipe de trabalho e do crescimento empresarial, isto é no alcance de resultados positivos.

Curso de Liderança Está Cada Vez Mais Procurado

O mercado de trabalho está cada vez mais competitivo e os profissionais buscando cada vez mais se especializar para se diferenciar.

Especializações, mestrados e doutorados eram as principais maneiras de obter novos aprendizados e um currículo melhor, porém nos tempos atuais onde tempo é dinheiro, cursos longos têm sido preteridos por uma maior quantidade de cursos de curta extensão, inclusive porque se consegue mais informações e de diferentes áreas.

Curso de liderança, de memorização, de línguas estrangeiras são bastante procurados por pessoas de todas as idades e de todas as áreas. O curso de liderança proporciona para quem já possui essa característica inata, a possibilidade de aprender a lidar com quem também apresente essa característica, bem como moldá-la para melhor usá-la. Os frequentadores do curso de liderança dizem também que é possível qualquer um se tornar um bom líder.

O curso de memorização é bastante procurado pelos estudantes que utilizam as técnicas aprendidas para melhorarem sua capacidade de estudo e assim se saírem melhor em provas, seminários e etc. Os pais que colocam seus filhos nesse curso têm ficado satisfeitos com os resultados apresentados por eles na escola, dizendo que a diferença inclusive nas notas é visível.

Os cursos de línguas são os mais conhecidos e frequentados por pessoas de todas as idades e certamente isso não mudará nos próximos anos e a tendência inclusive é que a procura por eles aumente. Ser fluente numa outra língua é um diferencial para a vida, tanto pessoal quanto profissional, e cada vez mais cedo tem se buscado isso. Vários são os curso que iniciam suas atividades com crianças a partir de 3 anos.

Os pais principalmente tem percebido que proporcionar aos filhos meios para que tenham mais elementos que colaborem na sua formação é uma herança para os filhos.

Portanto, seja qual for o curso que você escolheu (curso de liderança, de línguas, de memorização), seja a qualquer tempo, é sempre investimento e investimento principalmente no ser humano. Que é uma conhecimento que sempre será sempre seu, em qual quer lugar em qual quer situação aquilo lhe pertence e ninguém pode tirar de você.

6 Qualidades de um Líder de Sucesso

Um bom líder deve ser capaz de fornecer uma motivação consistente para a sua equipe, incentivando-os a atingir a excelência e qualidade em seu desempenho. Um bom líder está sempre procurando maneiras de melhorar a produção e os padrões, seja dentro de uma organização ou em seu dia a dia. Aqui estão seis habilidades de gerenciamento que você pode desenvolver como líder ao trabalhar para criar uma equipe de qualidade.

1. Observação

Este é um aspecto importante que muitas vezes fica negligenciado devido as exigências de tempo de um líder e cronograma. Observação e visitas regulares ao ambiente de trabalho, por exemplo, são prioridades e devem ser feitas regularmente. Observando os funcionários no trabalho, o fluxo de procedimentos, interação e trabalho é fundamental para implementar ajustes para melhorar os resultados. Para ter credibilidade, um líder precisa ser visto e ser conhecido para ser atualizado com o que está acontecendo no local de trabalho.

2. Monitorar o desempenho dos empregados

O desempenho do empregado precisa ser monitorado, mas de uma forma que seja mutuamente aceita. Políticas e procedimentos precisam ser claros. Conferência deve ser em uma base regular e não apenas quando há um problema. Avaliações e as avaliações não devem ser apenas formalidade todas ou exibir uma papelada necessária para ser feito e arquivado. Conferências individuais e de grupo devem ser realizadas não só para monitorar o desempenho, mas com a expectativa de em curso de desenvolvimento profissional e apoio. Deve haver estímulo frequente e critérios claros para alcançar metas, tanto para o grupo e individual.

3. Implementação de programas de desenvolvimento profissional

Um bom líder avalia fraquezas e fornece estratégias de formação e desenvolvimento para reforçar as competências que estiverem mais fracas dentro da equipe.

4. Demonstrar conhecimento de trabalho e especialização

Boa liderança surge a partir de forte conhecimento e experiência do processo de produção e leva a resultados. Se um líder não possui todas as competências e conhecimentos, ele deve ser humilde o bastante para procurar especialistas envolvidos nos departamentos onde sua liderança for necessária. Isto é importante para manter um quadro preciso e informado em geral.

5. Boa tomada de decisões

A boa liderança é caracterizada pela capacidade de tomar boas decisões. Um líder considera todos os fatores diferentes antes de tomar uma decisão. Claras e firmes decisões, combinadas com a disposição e flexibilidade param se adaptar e se ajustar a cada situação gera confiança das pessoas na liderança.

6. Capacidade de conduta e de avaliar pesquisas

Revisão em curso e de pesquisa é vital para manter o bom andamento de qualquer negócio. Embora a gestão do presente deva assegurar a excelência em curso e o desempenho do produto, um bom líder também é capaz de olhar para o futuro. Condução e avaliação de pesquisas é uma forma importante de planejamento e de estar preparado para o futuro.

A excelente liderança é sempre ativa em vez de passiva. Ao desenvolver e aprimorar estas seis habilidades gerenciais, você certamente construirá uma base sólida para o sucesso.