Arquivo da categoria: Finanças Pessoais

Claro Empresas – Combos Tablets

Há muitas empresas que conseguem realizar suas tarefas diárias através de dispositivos móveis. Além da opção de utilizar smartphones, é possível também entregar tablets aos seus funcionários para que eles cumpram suas rotinas. Um plano da Claro Empresas com tablets é uma opção ideal para essas empresas que entendem a praticidade que esses dispositivos oferecem. Através dos tablets é possível agregar agilidade aos seus negócios através da internet e dos aplicativos que esses dispositivos comportam. Além da modernidade, trabalhar com tablets também oferece uma série de vantagens para empresas, principalmente se estiverem os serviços da Claro.

Claro Planos com Tablets Quanto Custa

Alterar os planos empresariais fica mais simples quando você encontra uma empresa revendedora dos combos corporativos da Claro. Através dessa empresa é possível contratar combos a partir de R$ 45,90 por mês onde já está incluso o tablet e a internet 3GMax com 500 MB. Para quem precisa de mais internet, há opções de turbinar o combo adquirindo pacotes de dados móveis de 1GB, 2GB e até 3GB acrescentando menos de 20,00 por mês ao combo.

Os valores dos combos com tablet da Claro Empresas muda de acordo com o aparelho e com o plano de internet. Mas ao escolher por esses planos a empresa encontra uma série de vantagens, sendo a principal delas ter aparelhos de alta performance conectados à melhor internet móvel do país. Inclusive há opções de combos com iPad Air, da Apple, equipamento com tela de 9,7″ e configurações com memória interna de 16GB, além de câmera e sistema operacional iOS 7. Os combos com tablets da Claro Empresas são econômicos e fazem toda a diferença no dia a dia da sua empresa. E é possível contratar a quantidade que for necessária de tablets, sendo que o valor é mensal e cobrado por linha.

Claro Empresas também tem planos de smartphones

Além dos combos para empresas com tablets, também é possível encontrar na Claro Empresas as opções de planos corporativos com aparelhos smartphones. Adquira quantas linhas forem necessárias para sua empresa e escolha combos de ligação, sms e internet para poder contatar seus colaboradores, funcionários ou clientes de qualquer lugar. A Claro é a empresa principal quando pensamos em rede, tendo acesso a boa parte do país. Quem trabalha com equipes externas precisa conhecer os planos empresariais da Claro e aproveitar os melhores preços do mercado. Fale agora mesmo com um representante da Claro Empresas e aproveite as promoções.

Como Montar Uma Planilha de Controle Financeiro

Se você abriu esse artigo é porque já se conscientizou de que precisa mudar a sua vida e seus hábitos financeiros, então você está no caminho certo. E uma boa maneira de começar a replanejar suas finanças e ter controle da sua vida é criando uma planilha de controle financeiro, seja pessoal ou doméstica, para a sua família toda.

A planilha de controle financeiro é uma ótima forma para visualizar quais são seus hábitos de consumo e onde você está errando, fazendo com que quando o fim do mês chega você entre em desespero e tenda a se endividar. Conhecendo melhor suas receitas, suas despesas e como você as realiza no cotidiano, você passa a ter consciência de que dinheiro é algo a se levar a sério e se auto-disciplina, podendo controlar melhor seu financeiro e poder mudar a sua forma de agir e se relacionar com o seu dinheiro.

Para montar a sua planilha de controle financeiro, antes de tudo escolha como irá fazê-la: em um caderno ou bloco de notas, em uma planilha eletrônica ou em um software de controle financeiro oferecido por empresas especializadas no assunto. Faça essa escolha pensando no seu estilo de vida e o que seria mais fácil de se ter contato diariamente.

Agora comece a montar a sua planilha: separe-a em todos os meses do ano, nas colunas, e nas linhas enumere primeiramente as receitas, como seu salário, pensão, aposentadoria, freelas, entre outras, e depois as despesas, como contas da casa, mensalidades, cartão de crédito, dívidas, compras, lazer, entre outras. Talvez você não se lembre de tudo no momento, então deixe espaço garantido para a adição de mais gastos ou recebimentos mais tarde. Não se esqueça de ter um espaço para o total de receitas e também o total de despesas, podendo gerar, no final de cada mês, o saldo do período, que será muito importante mais tarde na hora de perceber a sua evolução durante os meses.

Com a planilha montada, comece a colocá-la em prática atualizando os valores diariamente, isto é, quando uma receita cair na conta ou uma despesa for paga, atualize na sua planilha assim que tiver contato com ela. E não se esqueça disso, só assim você conseguirá ter o seu próprio controle financeiro e que seja eficiente!

Criando Um Controle Financeiro

Você percebeu recentemente que, não, não está dando mais para viver dessa forma com o seu dinheiro… Que você gasta impulsivamente, fica no vermelho no final do mês, tem diversas despesas que não são prioridades, não consegue economizar, não consegue sair de suas dívidas, atrasa os pagamentos de suas contas – mas assim é uma péssima forma de viver sua vida financeira. Dinheiro pode ser o problema, como muitos dizem por aí, mas só se você o encarar de tal forma. Para que ele passe a ser a solução, comece já o seu controle financeiro pessoal!

O controle financeiro é a forma perfeita de começar a ter controle sobre seu dinheiro e, consequentemente, sua própria vida e seu cotidiano. Ele serve para aqueles que estão em situações péssimas financeiramente mas também para quem apenas deseja ter conhecimento sobre seu dinheiro, suas manias financeiras e saber o que está fazendo com o que ganha mensalmente. Assim, o controle financeiro te ajuda a visualizar sua vida em relação às finanças, conhecer suas despesas e receitas, possibilitando que alguma mudança seja feita, com um planejamento da sua forma de consumir seu dinheiro e traçando objetivos financeiros, como economizar, realizar uma grande compra, investir em algo, entre outros.

Para fazer seu controle financeiro, escolha uma forma para registrar o que você faz com o seu dinheiro diariamente, seja a partir de blocos de notas, cadernos, planilhas eletrônicas ou softwares financeiros. Quando escolhida, anote diariamente o que você fez com o seu dinheiro – gastou tal e tal quantia com tais finalidades, forma de pagamento, se importante, recebeu tanto de tal empresa, e assim por diante, sempre atualizando o seu registro. É importante que, no fim de cada mês, se faça o saldo do período para saber como você terminou o mês. A partir do saldo é bom de se comparar um mês com o outro e verificar se houve alguma evolução, seja para bom ou para ruim.

No entanto, é super importante fazer um esforço diário e ter uma forma de poder se controlar financeiramente. O resultado é visível e pode valer muito a pena, só depende de você!

Conheça as Contas da Sua Empresa

Quando se trata de uma empresa, ou até mesmo nas nossas próprias vidas, não podemos confiar inteiramente em nossa memória para tomar decisões e lembrar de coisas relacionadas ao dinheiro: qualquer erro que nosso cérebro cometer é um prejuízo que devemos arcar, ou seja, gastar mais dinheiro que não era necessário. Dinheiro não é brincadeira, é algo que se deve levar a sério e tratar com disciplinaridade. Por isso, o controle financeiro, como fazer o controle das suas contas, é algo essencial se se quiser manter uma empresa em pé e por um bom tempo, gerando frutos que só beneficiem a todos.

Muitas empresas fecham durante seus primeiros anos, isso é fato, e se deve principalmente à má organização e planejamento do setor financeiro, que é um dos comandantes das ações da empresa. Sem ter isso organizado, você pode estar jogando seus esforços para sua empresa pelos ares!

Se você já se convenceu de que o controle financeiro é importante e essencial para sua vida empresarial, comece conhecendo primeiro as contas da sua empresa, sejam as receitas ou as despesas, isto é, o dinheiro recebido e o dinheiro gasto. Sabendo quais são todas essas contas, você consegue organizar seu financeiro e saber melhor como ele funciona, podendo planejar ações e investimentos futuros, contratação de novos funcionários, mudança para uma escritório maior, entre outros objetivos.

E para o controle das contas a pagar e receber, você deve registrá-las (pois, como já dito, não confie só na sua mente) e verá qual é o total de receitas e o total de despesas, podendo calcular o saldo daquele período e verificar como está indo o seu negócio, além de prever os próximos períodos que ainda estarão por vir, sabendo quanto, em média, irá gastar quando eles chegarem também.

Não deixe isso tudo para amanhã, o controle financeiro é algo essencial para se começar ainda hoje! Seja comprometido e disciplinado com o seu dinheiro usando o controle de contas a pagar e receber, pois depois só serão benefícios. Além disso, não deixe desatualizado o seu controle, isso é importante para o melhor funcionamento do seu setor financeiro.

Cuide do Fluxo de Caixa da Sua Empresa

O porquê do título? Segundo dados do Sebrae, em dois anos de existência, cerca de 60% das novas empresas fecham suas portas e, em três anos, o número cai para 48%, mas ainda não é pouco – quase metade dessas empresas ainda fecham. E o principal motivo encontrado para explicar a causa desse fenômeno é a má administração financeira das empresas, seja esta feita da forma errada ou, quem sabe até, não feita realmente.

Nenhum dos empreendedores segundo dados do Sebrae, em dois anos de existência, cerca de 60% das novas empresas fecham suas portas e, em três anos, o número cai para 48%, mas ainda não é pouco – quase metade dessas empresas ainda fecham. E o principal motivo encontrado para explicar a causa desse fenômeno é a má administração financeira das empresas, seja esta feita da forma errada ou, quem sabe até, não feita realmente. Nenhum proprietário deseja estar dentro deste número, mas alguns (vários deles) acabam fazendo parte deste dado. E o segredo para você fugir dessa é realizar o fluxo de caixa, mas não de qualquer jeito, é claro: tem que ser bom e eficiente.

O fluxo de caixa é uma das principais ferramentas do financeiro para ter o controle deste dentro de uma empresa, mostrando como ele funciona e o que ele gera depois. Basicamente, o fluxo de caixa é uma forma de registrar todas as despesas e receitas da empresa, que geram movimento em seu caixa, e que ocorrem durante um certo período, como um mês, um trimestre, semestre, entre outros, o que depende de como é o funcionamento de sua empresa. Antes de registrar os gastos da sua empresa, você precisa decidir o tempo que vai ser registrado no seu fluxo de caixa.  Com a entrada e saída de dinheiro, consegue-se gerar o saldo daquele período, o que é ótimo para prever, então, o quanto de dinheiro a empresa necessita e também gastaria durante um certo período, diminuindo as chances de correr riscos ou de seu financeiro ser pego de surpresa

Fazendo o registro do fluxo de caixa, você acaba detendo o controle do financeiro de uma empresa e, consequentemente, da própria firma, pois consegue saber de tudo o que está acontecendo lá dentro, como está acontecendo, consegue planejar novos investimentos, expansões e o próprio financeiro em si, além de perceber erros e poder consertá-los. Alem disso, planejar bem as finanças da sua empresa, você vai se organizar de forma que a sua empresa vai estar ao dia.  O fluxo de caixa está aí para ser usado da melhor forma por você e só trazer coisas boas a sua empresa!

Dicas para Cuidar de Suas Contas a Receber

Conhecer todas as contas de sua empresa é algo extremamente importante, pois você ficará por dentro de tudo o que está acontecendo em todos os setores dela, já que tudo, de alguma forma, se relaciona a dinheiro. Além disso, para você poder realizar gastos e pagar contas na sua empresa, você precisa de dinheiro surgindo de algum lugar, isto é, as receitas, as contas a receber.

Contas a pagar e receber

As contas a receber podem até ser consideradas mais importantes que as contas a pagar, pois sem elas você não consegue realizar os gastos que mantêm sua empresa. Por isso, é importante saber quais são as suas contas a receber e também de onde e como elas surgem, pois assim você poderá planejar a gestão financeira da sua firma e fazer com que as coisas fluam bem. Então aqui te daremos algumas dicas de como manter um eficiente controle das suas contas a receber e fazer sua empresa decolar!

  • Siga uma rotina de emissão de cobranças, pois só assim seu financeiro ficará organizado. Você deve adotar uma forma de cobrança, como emissão de boletos, notas fiscais ou qualquer outra forma, sendo isso uma das rotinas. É sugerido que se escolha um dia da semana ou do mês para sempre fazer a emissão de tais documentos e enviá-los aos clientes.
  • Ofereça desconto para pagamentos adiantados. Pode até parecer ruim, já que receberá menos dinheiro, mas ter esse recebimento chegando mais rápido te ajuda na hora de investir em algo ou pagar outras contas antecipadamente e não sair no prejuízo. Assim, você premia os bons clientes e reduz a inadimplência. Para decidir o valor do desconto, faça simulações no seu caixa, verificando até que percentual dado a empresa não sai afetada.
  • Aumente a vigilância para quem paga atrasado, pois é importante ficar atento ao volume de parcelas em aberto, avisando ao cliente que ele está inadimplente. Além disso, fale sobre as restrições que a empresa ou ele podem sofrer caso o pagamento não seja realizado.
  • Cobre seu cliente, mas há maneiras mais fáceis e menos constrangedoras de fazer isso, como criar um e-mail do financeiro de sua empresa para fazer os comunicados de cobrança, confirmação de pagamento e envio de notas fiscais e boletos.
  • Não se lembre do seu cliente apenas quando ele atrasa. Dar atenção a ele de vez em quando é algo que fará sua relação muito melhor.

Como Fazer o Melhor Controle Financeiro para Sua Empresa

Ter um controle financeiro de todas as movimentações de dinheiro que acontecem na sua empresa é importantíssimo para mantê-la organizada e evitar atrasos de pagamentos, juros e multas ou levar sustos quando alguma conta “aparecer do nada”. Infelizmente, não podemos confiar apenas em nossa memória para pagar contas, saber qual é o valor a

ser pago em cada uma, quanto um cliente deve te pagar em tal mês, entre outras coisas, pois assim corremos o sério risco de acabar nos esquecendo de um pequeno detalhe e já bagunçar tudo. E trazer prejuízo para uma empresa, seja ela pequena, média ou grande, não é algo desejável por ninguém.

Assim, o controle financeiro é uma forma de as pessoas que trabalham no setor de finanças possuírem em mãos tudo aquilo que ocorre em tal área. Fazendo este controle você consegue saber quanto cada funcionário deve ganhar, quanto de dinheiro deve ser destinado a tal finalidade, como pode cortar dinheiro que está sendo gasto exageradamente ou como investir em algo novo. O controle financeiro demanda diversas ferramentas, como o fluxo de caixa, que é a forma de prever quanto se gasta em determinados períodos de tempo, o controle de contas a pagar e receber, que é saber quais são todas as contas que são despesas ou receitas para a empresa, e entre outras coisas, todas devendo ser exercidas por pessoas que saibam o que estão fazendo ali.

Para fazer o controle financeiro de sua empresa existem algumas formas, como montar planilhas no computador a partir de programas como Microsoft Office Excel, anotar os registros em cadernos específicos e exclusivos para a área financeira ou, então, adotar softwares, a maioria pagos, que empresas vendem e são específicos para tal finalidade, sendo até mais seguros, eficientes e podendo gerar melhores resultados.

É só conversar com os envolvidos na área financeira ou na administração no geral da empresa e definir qual das formas vale mais a pena para vocês e poderá trazer estabilidade e prosperidade. Vale a pena aprender como tomar conta da sua finanças, assim você facilita a sua vida financeira seja empresarial ou mesmo pessoal.

Controle Financeiro é Essencial para a Prosperidade Econômica

Pode parecer bobagem, mas registrar tudo o que você faz com seu dinheiro, anotando em algum lugar como em cadernos, planilhas, aplicativos ou softwares, é o que pode ajudar a resolver o seu problema financeiro e te trazer diversas vantagens: te tirar de dívidas, ajudar a cortas gastos, economizar dinheiro para uma viagem, ou quem sabe pra comprar um carro, e muitos outros objetivos econômicos que as famílias no geral possuem.

Para fazer o controle financeiro, é necessário compromisso, responsabilidade e consciência por parte dos envolvidos. Tudo isso porque, para atingir os objetivos descritos acima, não é só começar o controle que tudo se realizará rapidamente. O controle financeiro deve ser feito desde hoje até o resto da sua vida, e só o levando extremamente a sério que as coisas começarão a dar certo.

Ao começar o seu controle financeiro, você conseguirá visualizar toda a sua movimentação financeira, como salários, onde e como você está gastando seu dinheiro e ainda achar a melhor solução para qualquer que seja o problema financeiro que você está tendo, como reduzir gastos ali, cortar aquelas compras aqui e assim por diante. Quando você tenha mais de seis meses registrando todos os seus gastos, você ira perceber a sua atitude para com seus gastos diários.

É importante, então, registrar tudo o que acontece na sua vida, pois esse “tudo” sempre envolverá dinheiro. E isso vale até para a balinha que você comprou na barraquinha do meio da calçada. Assim você se acostuma a registrar os mais mínimos gastos para quando tenha um gasto maior, você sabe o que tem que fazer para se preparar financeiramente.  Além disso, separe um campo para receitas e outro para despesas, pois é essencial saber diferenciar o que está entrando ou saindo de sua conta.

No final, deixe um espaço para o saldo, que nada mais é que as receitas menos as despesas. É bem importante frisar que este saldo deve ser positivo para mostrar que tudo está indo bem, isto é, de que você gasta menos do que está recebendo mensalmente. Comece hoje e você verá como o controle financeiro pode ajudar no planejamento e no decorrer de toda a sua vida!

Como Emitir a Segunda Via da Fatura Coelba

Solicitar a Segunda Via Coelba é muito simples através da internet, e desta forma você poderá ter acesso a todas as contas em aberto e poderá inclusive realizar os pagamentos sem maiores complicações e de forma prática e rápida.

A seguir iremos trazer um passo a passo para você que tiver interesse em contar com acesso a suas faturas em aberto ou mesmo solicitar uma 2 Via Coelba para pagamento, antes porém é importante falarmos um pouco sobre a empresa.

A Coelba é proveniente da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia, esta empresa foi fundada ainda durante a década de 97, ela foi privatizada e acabou passando a fazer parte do grande grupo Neoenergia que é detentor de pelo menos 85% de toda a empresa, através deste tipo de gestão o grupo poderá realizar uma série de investimentos que tem como objetivos principais realizar uma boa ampliação de acesso a energia elétrica e ainda atender cada vez mais localidades oferecendo assim uma boa qualidade dos serviços e um bom atendimento para os clientes.

Solicitação de segunda via Coelba e outros serviços

Com a possibilidade de facilitar o acesso e a comunicação com todos os seus clientes, a Coelba deixa totalmente disponível na internet um site que é completo, e nele é possível se fazer uma série de consultas para a empresa e é possível se contar com seus serviços contratados. A empresa recentemente disponibilizou um aplicativo para celular onde é possível se fazer diversos tipos de solicitações.

Para solicitar a segunda via de pagamento é muito simples, basta se acessar o endereço http://servicos.coelba.com.br/, assim que estiver nele procure descer a tela e clicar na opção de segunda via de conta, uma nova janela deverá se abrir e você deverá digitar a sua conta, contrato e o código de segurança, assim você terá uma segunda via disponível para pagamento.

Além deste excelente serviço é possível se contar com vários outros que facilitarão muito a sua vida, uma vez que não é preciso se comparecer a centrais de atendimento da empresa e poderá fazer tudo isto pela internet.

Empréstimo Imobiliário Banco do Brasil

O banco do Brasil oferece vários tipos de empréstimos e entre eles está o empréstimo imobiliário BB, por isso se você está pretendendo comprar a sua casa própria e não sabe como fazer o empréstimo imobiliário banco do Brasil, pois o BB oferece várias formas de pagamento com juros baixíssimos e sem grande burocracia. Se você deseja adquirir o seu imóvel residência ou comercial, o Banco do Brasil facilita a forma de pagamento sem complicações independente se o imóvel for novo ou usado o  empréstimo imobiliário banco do Brasil lhe da a oportunidade de realizar o sonho da casa própria.

A forma de pagamento pode ser feita de diversas maneira, desde o desconto na folha de pagamento até outras várias formas de pagamento que o BB oferece a seus clientes sendo o pagamento feito em até 30 anos com várias vantagens para facilitar o seu empréstimo. Para tirar suas dúvidas procure um agência do banco do Brasil pessoalmente no qual o gerente da mesma irá lhe informar quais os procedimentos que você deve tomar para fazer o empréstimo imobiliário.

Os documentos necessários para fazer o empréstimo imobiliário banco do Brasil são esses:

  • Certidão de nascimento ou casamento;
  • Carteira de Identidade;
  • CPF;
  • Três últimos contracheques (se for assalariado);
  • Da carteira de trabalho (se for assalariado), fotocópia da folha de rosto, da página relativa ao contrato de trabalho, da opção pelo FGTS e das alterações salariais;
  • Última declaração do Imposto de Renda (assalariados e profissionais liberais) e/ou declaração do contador (profissionais liberais);
  • Comprovante de renda;
  • E por fim não ter nenhuma restrição em seu nome e ser um cliente do BB.

E caso você não queira ir pessoalmente a uma agencia do BB você pode estar fazendo uma simulação de empréstimo imobiliário online, assim você ficará sabendo se é possível você fazer esse tipo de empréstimo e assim evitar maiores constrangimento e até meso perda de tempo no simulador você pode verificar as estimativas de valor, benefícios, parcelas e juros são realmente verdadeiros com as informações que o banco mostra no empréstimo imobiliário.

Agora que você já sabe como fazer o financiamento imobiliário pelo banco do Brasil e também já está ciente de todos os documentos necessário, não perca tempo, vá o quanto antes até uma agência do BB e boa sorte.