A Caixa de Segurança em Um Estádio de Futebol

Uma caixa de segurança é uma área da bancada de um estádio de futebol que se encontra delimitada por uma rede ou por placas de fibra de vidro. Esta zona é destinada a adeptos de uma das equipas em confronto, normalmente da equipa visitante, e tem o objetivo de promover a segurança dos espetadores. Pretende-se assim evitar o confronto direto entre adeptos rivais e também a interferência destes com o espetáculo, nomeadamente, no arremesso de objetos para o recinto de jogo.

Esta ação de segurança é já recorrente em Itália e na Alemanha e está a dar os primeiros passos em Portugal. Saiba o que é a caixa de segurança num estádio de futebol ao conhecer as suas vantagens e desvantagens principais.

Vantagens de uma caixa de segurança

Maior segurança

Como o próprio nome indica, esta caixa procura oferecer a máxima segurança possível, uma vez que é esse o seu propósito fundamental. Com a sua utilização, pretende-se evitar confrontos e, na maior parte dos casos, a separação física dos adeptos é suficiente para que não aconteçam desacatos.

Menos despesas de policiamento

Obviamente, a caixa proporciona um ambiente de segurança que dispensa o recurso a uma grande quantidade de agentes de segurança, diminuindo as despesas de policiamento.

Maior número de espetadores

A sensação de segurança atrai os espetadores. É cada vez mais comum que os adeptos se afastem dos estádios por receio dos confrontos entre torcidas. Em muitos casos, a caixa de segurança promove o aumento do número de espetadores nos estádios graças a esse incremento da segurança.

Maior facilidade de identificação

O agrupamento dos adeptos numa zona bem demarcada permite uma maior facilidade de identificação de eventuais prevaricadores; estando estes adeptos devidamente agrupados numa caixa de segurança, será muito mais fácil identificar os elementos mais perigosos.

Maior facilidade no encaminhamento de grupos

Uma das tarefas mais delicadas e problemáticas das forças de segurança é o encaminhamento dos adeptos para o interior e exterior do estádio. Ao recorrer à caixa de segurança será mais fácil proceder a essa tarefa uma vez que não haverá dispersão de adeptos: entrarão e sairão todos ao mesmo tempo, dirigindo-se para o mesmo local.

Desvantagens de uma caixa de segurança

Sensação de claustrofobia

Para o adepto comum, a caixa de segurança oferece uma sensação de “prisão”, uma sensação de claustrofobia que coloca em causa o seu conforto. Quando assim é, o adepto prefere ver o jogo pela tv, faz apostas desportivas no eventual vencedor do encontro e, além da comodidade e conforto que adquire, pode ter muitos lucros com os seus prognósticos.

Falta de visão

A rede, obviamente, interpondo-se entre o espetador e o espetáculo dificulta a visão. Este problema pode ser, em parte, diminuído se em vez de rede usarmos fibra de vidro; no entanto basta a acumulação de sujidade ou o embaciamento para diminuir essa visibilidade.

Falta de segurança no interior

A caixa de segurança não evitará os conflitos entre adeptos do mesmo clube e até pode dificultar a ação das forças de segurança. Um dos pormenores que poderá minimizar este problema é a dimensão da caixa: quanto maior for, mais difícil será evitar a ocorrência de problemas dentro dos seus limites.

A não substituição das forças de segurança

Este é um dos maiores perigos: entender que esta estratégia substitui a intervenção humana; será sempre necessário um número adequado de agentes para exercer a devida vigilância sobre os adeptos.

A possibilidade de ruir

Um eventual derrube da caixa pode fazer com que aquilo que seria um grave distúrbio se transforme numa verdadeira catástrofe. Se não considerarmos a hipótese de rompimento da caixa, estaremos a cair numa situação da falsa segurança cujos resultados podem ser desastrosos, uma vez que as forças de segurança não estarão preparadas para atuar, da mesma forma que estariam se a caixa não existisse.

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar
wpDiscuz