Blindagem Nível 3A – Tudo que Você Precisa Saber

Blindagem, é o processo utilizado para deixar automóveis e alguns tipos de construção, protegidos contra ataques feitos por armas de fogo. A tecnologia foi primeiramente utilizada para proteger veículos e armamentos em zonas de conflito de guerra. Os veículos militares da maioria dos países possuem blindagem para armas de grosso calibre.

As empresas que trabalham com esse tipo de equipamento passam por uma rigorosa inspeção e precisam obter certificações e autorizações do Ministério da Defesa do Exército para poderem produzir, comercializar e transportar equipamentos de blindagem. Cada veículo que for passar por blindagem precisa ter uma autorização junto à Região Militar através de preenchimento de formulário específico.

Caso uma pessoa física queira blindar um automóvel, precisará apresentar os seguintes documentos:

  • RG
  • CPF
  • Comprovante de residência
  • Atestado de Antecedentes Criminais, emitido pela Polícia Civil do Estado
  • CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo)
  • Certidões negativas criminais da Justiça Federal, Estadual e Militar dos últimos cinco anos

Para blindar um automóvel é preciso avaliar o tipo de carro e quanto ele suporta de peso sem sofrer danos na estrutura. O equipamento que deixa vidros e carroceria à prova de balas é pesado e acaba tirando um pouco do desempenho do veículo. Por esse motivo, carros populares não costumam ser blindados, já que suas estruturas não aguentariam o processo.

Da mesma forma, o processo de blindagem de um automóvel é extremamente caro, já que inclui o serviço de desmontagem completa do veículo, aplicação dos produtos de blindagem e remontagem adequando aos novos elementos. Esse procedimento pode custar mais caro que o automóvel em alguns casos.

Existem vários níveis de blindagem que referem-se à capacidade de suportar determinados tipos de calibres de armas de fogo. A mais usada é a chamada 3A que possui a melhor relação entre custo benefício. Veja abaixo os níveis de blindagem existentes.

Níveis de blindagem

Nível I

Resiste a calibres 22, 38 e ataques com pedras e pedaços de ferro.

Nível II-A

Armas do nível I e ainda balas da Magnum .357 (soft point = ponta macia) e pistolas 9 mm

Nível III-A

A Blindagem nível 3A suporta o impacto de todos os calibres anteriores e ainda Magnum .44 e submetralhadoras Uzi. Esse é o tipo mais comum e mais utilizado em blindagem de automóveis. Níveis superiores ficam inviáveis para carros já que demandam maior peso, podendo danificar a estrutura do veículo e também são muito caros tornando o processo inviável.

Nível III

Todas as anteriores e mais fuzis M16, AK-47, AR-15, FAL, G36 e G3.

Nível IV

Todas as anteriores mais munições perfurantes, como a .30-06 e .338, bem como granadas. Esta é a maior blindagem acessível à população civil e para ser executada precisa de documentos que justifiquem seu uso.

Nível V

Todas as anteriores e mais balas 12,7 x 99 mm NATO padrão e também ataques aéreos de mísseis Tomahawk e Stinger.

O nível V só é acessível para as forças armadas, presidentes e chefes de estado. Em algumas raras exceções alguns super-empresários podem obter autorização para usarem esse nível de proteção.

Sobre Este Autor

Postar uma Resposta