Todos os posts de Eduardo

Turbinando o Cérebro

Agora o negócio vai ficar interessante! Antes de mais nada quero esclarecer que provavelmente você não vai acreditar no que vai ler até ter terminado de ler e comprovado fazendo o exercício. Posso dizer porque aconteceu o mesmo comigo. Quando aprendi esta técnica estava completamente incrédulo até ver que realmente funciona. É uma técnica simples que vai te permitir impressionar muita gente e vai dar uma turbinada na sua memória.

Qual o resultado?

Veja essa lista de palavras:

Cavalo – Computador – Motorista – Livro – Piscina – Seringa – Avestruz – Hotel – Caneta – Aquário – Barraca – Meduza -Professor – Árvore – Kibe – Pilha – Muleta – Zebra – Guaraná – Ar-Condicionado.

E se você pudesse decorar essa lista de 20 palavras em 5 minutos? Impossível né? Vamos fazer uma experiência. Para efeitos de exercício tente decorar o máximo de palavras que conseguir em 10 minutos. Lembre-se as palavras precisam ser decoradas na ordem. Apenas leia o resto depois de tentar ( Não seja preguiçoso ).

Tudo bem, agora qual o segredo da mágica Mister M? A técnica é bem simples, mas deve ser praticada um pouco antes de funcionar bem.

1º Passo: Decore a primeira palavra.

Você não precisa de técnica para decorar uma palavra, seja qual for. Por exemplo, tente decorar esta palavra: “Diagnóstico”.

Viu? não precisa nem de 5 segundos para decorarmos uma palavra. Então o primeiro passo é moleza

2º Passo: Associar as palavras.

Aqui que está o segredo, nós vamos criar uma associação única entre as palavras na ordem em que elas estão. Para criar essa associação você terá que usar um pouco de sua criatividade e fazer exatamente como eu digo:

Feche os olhos e durante 10 segundos imagine uma cena ridícula que conecte as duas palavras. Eu frisei a palavra ridícula porque se a cena não for ridícula pode esquecer, porque  não vai funcionar.

Então vamos ao nosso exemplo:

Cavalo…. beleza decorei… Cavalo.

Hum… agora vou imaginar por 10 segundos de olho fechado (Obs: funciona de olho aberto também, mas comece com olho fechado porque é mais fácil). Vou imaginar um cavalo sentado numa cadeira de escritório usando o computador.

Ok, decorei cavalo.  Quando penso em cavalo a primeira coisa que me vem a cabeça é um cavalo digitando num computador. Decorei: Cavalo, Computador

Agora vou imaginar que estou entrando num carro e o motorista é um computador , mas preste atenção: Isso não é ridículo. Um carrro dirigido por computador não é ridículo, além de existir em vários filmes já existe inclusive na realidade, então eu tenho que transformar a cena em ridícula. Como? Use sua criatividade. Eu por exemplo vou imaginar um motorista de verdade. vestido de terno e gravata, porém sua cabeça é um monitor CRT com um smile dentro, e esse será meu “motorista computador” ridículo.

Recapitulando

Cavalo, cavalo me lembra a ridícula cena de um cavalo digitando em um Computador, computador me lembra a ridícula cena de uma Motorista computador que eu tinha. e por aí vai.

Realmente é impressionante o poder de cenas ridículas em nosso cérebro. Se você continuar o exemplo por conta própria vai ver que conseguirá decorar as 20 palavras na ordem em pouco tempo. Mas lembre-se, nosso cérebro não decora o óbvio, porque o óbvio pode ser deduzido, por isso a importância de ridicularizar as cenas. Pratique bastante e logo será um mestre da memórias. Bons estudos e boa sorte. Fonte: Fábrica de Simulados.