Todos os posts de advogado

Direito e Suas Especializações!

O sonho de virar um advogado ainda é forte entre os jovens e até em pessoas que deixaram para trás a paixão pela área e somente depois de aposentados retornaram para a sala de aula. Não é à toa, que o Direito é um curso que muitos profissionais de outras áreas escolhem como graduação, sem falar daqueles que almejam uma das mais altas remunerações em concursos públicos. Também existem pessoas que entraram nesta carreira com um foco já todo planejado, ser advogado e trabalhar em escritório atuando em causas apresentadas pelos clientes. O advogado processual penal atua em uma dessas áreas mais pretendidas pelos advogados nos escritórios e com persistência e muita dedicação podem conseguir ótimas remunerações.

Confira abaixo como se tornar um advogado processual penal

Primeiro passo, o recém-formado em uma graduação de Direito deverá prestar o exame da OAB. Este exame o tornará apto para agir com advogado e assim, poderá defender os outros perante a justiça, mas após essa aprovação é necessário se especializar e seguir uma linha de defesa. Neste caso, se a escolha é ser um advogado processual penal é necessário fazer uma especialização específica. Há faculdades que oferecem especializações nessa área, ressaltando que especialização também precisa de reconhecimento do MEC. A maioria das especializações têm duração de 2 anos, as aulas são ministradas em alguns dias no mês.

Depois da conclusão da especialização, o profissional estará apto a pegar causas para defender as pessoas judicialmente, por exemplo, um homicídio. Este profissional deverá defender o individuo judicialmente, o objetivo é aplicar uma pena justa ao criminoso que tirou a vida de outro cidadão. Este profissional pode ganhar em um processo cerca de R$ 20 mil reais ou até mais. O advogado processual penal tem ótima remuneração trabalhando em escritórios. A vantagem desse advogado processual penal em relação ao advogado concursado é que a remuneração poderá variar dependendo da causa defendida, sendo possível pegar mais de duas causas, aumentando a remuneração.

Muitos desses advogados são bem mais remunerados que os concursados. O mercado sempre está em alta para o Advogado Processual Penal. Há um mercado amplo para um advogado processual penal, especialmente hoje onde os direitos dos indivíduos são cada vez menos garantidos, com isso, a busca pelos profissionais da área é bem maior nos últimos anos, visto que, muitos direitos foram violados especialmente com crescimento da violência.  O advogado processual penal é essencial em uma sociedade para protegê-la judicialmente e garantir os bens vitais que são de direitos de todos.

Para expor algo perante a lei é necessário que seja defendido por um profissional que entenda a lei e o que realmente é de direito, esse é um grande passo para ganhar uma causa e ser sempre protegido de forma ética perante o Estado.

Advocacia Criminal – Porque Seguir Essa Área?

Ser advogado nos dias de hoje não é fácil, o número de faculdades com cursos de direito está crescendo cada vez mais e com isso o desemprego nessa área está amplo e muitos recém-formados partem para trabalhar em outras carreiras, porém, a culpa dessa falta de profissional atuando no mercado deve-se também pela falta de qualificação dos atuais advogados, muitos não se preparam e entram no mercado sem conhecimento. Notamos que antes o Direito era mais defendido pelos profissionais, hoje em dia devido à onda de corrupção, alguns levam a fama dos demais.

Contudo, essa ainda é uma área que continua sendo admirada pela sociedade, tanto que muitos jovens apostam nessa profissão e lutam para que ela seja sempre admirada por todos. Esses profissionais são pessoas com diploma em Direito, capacitadas para prestar serviços jurídicos, para aqueles que precisam se defender de diversas situações. O advogado tem um cliente e toma medidas legais para defendê-lo perante a lei em questões judiciais. Existem várias áreas de atuação como a criminal, esta defende o individuo de crimes, entre eles lavagem de dinheiro, assassinato e mais.

Como atuar na advocacia criminal

Para quem pretende seguir a carreira de advogado criminal, o importante é se informar sobre tudo que se relaciona a esse assunto, como a duração do curso, tempo que se deve dedicar aos estudos, assim não se arrepende antes mesmo de chegar ao meio do curso. A faculdade deve ser autorizada pelo MEC, além disso, o profissional deve ter passado no exame da OAB, assim, ele poderá fazer a especialização para atuar em advocacia criminal. Essa é uma área muito admirada pelos jovens especialmente pelo fato de defender os crimes mais polêmicos e frios de assassinatos. Muitos decidem se tornar advogados da área criminal depois de presenciarem na TV, os crimes bárbaros que chocaram a sociedade.

Um advogado criminal deve ser honesto com os seus clientes principalmente em casos de defesas. Muitos pensam nessa área como perigosa, pois os profissionais recebem muita ameaça, no entanto, a advocacia criminal tem mostrado que é uma atividade do direito onde o advogado pode ser respeitado, basta saber agir e passar para o cliente que sua finalidade é defendê-lo e tentar amenizar a pena. Ser advogado criminal de uma pessoa de alta periculosidade não é perigo para a atuação, pois o advogado estará defendendo o processo, deve somente deixar o cliente ciente que sua tentativa é diminuir a pena.

Advocacia criminal – 3 passos para o sucesso

Passo 1 – Um bom advogado criminal deve ter amor ao que faz, imagine se o advogado for defender seus clientes sem confiança na profissão que escolheu, com certeza, a defesa não será um sucesso. E se quer ser advogado e atuar na área criminal agarre com força essa carreira e defenda sempre os seus processos com êxito.

Passo 2 – criar o habito de leitura, pois o advogado deve saber interpretar os seus processos de forma certa para que tudo ocorra de acordo com a lei e assim, o seu cliente terá confiança no seu trabalho, imagine se o advogado mostrar desinteresse no processo ou até falta de comprometimento, isso pode arruinar a relação advogado e cliente.

Passo 3 – Agir com transparência perante a justiça, por exemplo, se existem provas que seu cliente matou uma pessoa, não tente jogar a culpa em cima de outros ou não plante mentiras para prejudicar alguém inocente, simplesmente faça de forma que a justiça amenize a pena do seu cliente. São muitas dicas para atuar com sucesso na advocacia criminal, mas uma das mais importantes é se qualificar, um advogado necessita estar atento a cada mudança na lei e ficar por dentro de outros crimes, pois, cada crime ou violação da lei tem sua interpretação e quanto mais aprender, melhor serão as suas atuações diante da justiça.

Todo Cidadão é Igual Perante a Lei

O Direito Criminal tem como função proteger pessoas que praticaram crimes como assassinatos, roubos, tráficos, dentre outros. Essa forma de encarar o crime coloca a área criminalista como um dos direitos mais criticados pela sociedade. Ainda que muitos duvidem dessa função de defesa, precisa levar em conta que toda pessoa tem o direito à defesa. A fim de poder evitar que todos os crimes fiquem sem ser julgados, mesmo com réu confesso, a lei dá direito que um advogado criminalista defenda a pessoa que praticou o crime.

Confira informações da área da advocacia criminal e muito mais.

Advocacia Criminal

Em face das diversas defesas no campo criminal e ainda as contribuições para a sociedade, a advocacia criminal chega a conclusão que a sua defesa as pessoas que praticam crimes são importantes para que esses sejam julgados e tenham as penas de acordo com os crimes cometidos. Além disso, o objetivo do criminalista é defender a pessoa, e não o crime. Não existe comprovação de que, o advogado criminal proteja os bandidos, nem de que a sua função é sempre absolver a pessoa independente do crime, o que se pode dizer, é que o advogado criminal tenta reduzir a pena.

A referência de defesa constitui em julgar, baseando-se nas leis, mesmo, que a pessoa seja réu confesso, o advogado criminal procede de forma que encontre uma resposta em cima das normas, a fim de defender a pessoa eticamente, sem ser confundido com proteção. Não se enquadram, assim, desrespeitos, críticas, insultos, etc. O profissional tem que ser visto com enorme consideração pela sociedade. Portanto, não se deve exigir falta de defesa do advogado criminal em crimes ocorridos na sociedade. O direito criminal, como qualquer direito deve servir ao individuo que dele necessite, com base ética, nas linhas do que é legal e do que é correto perante a justiça. Embora seja louvável a opinião pública sobre a criminalidade, os indivíduos devem entender que a pessoa que praticou o crime deve ter seus direitos assegurados.

Lembrando que, defender é diferente de proteger, sendo a defesa um ato de agir de maneira que atenda o direito da pessoa. No entanto, a sociedade erra quando comenta que advogado criminal protege bandido, sendo que os advogados criminalistas nunca deram ênfase e apoio aos crimes. Todo cidadão é igual perante a lei, por isso age de maneira correta no campo da advocacia criminal ao fazer seu trabalho sem discriminação.