Arquiteturas Apaixonantes em Templos Religiosos

Espalhados por todo o mundo, alguns templos religiosos encantam por suas estruturas arquitetônicas e riqueza de detalhes que os transportam da categoria de santuário para pontos turísticos.

Wat Rong Khun

Mais conhecido como “templo branco”, o Wat Rong Khun é um templo budista nada convencional. Localizado em Chiang Rai, na Tailândia, ele foi criado pelo arquiteto Chalermchai Kositpipat em homenagem à sua terra natal. Surpreendente não só pela beleza reluzente de suas variadas formas brancas, o Wat Rong Khun mescla a arquitetura tailandesa com o surreal, trazendo em suas paredes internas pinturas coloridas de personagem como Neo de Matrix e Batman em uma mistura inovadora e genial.

Pagode de Shwedagon

Tão perfeito que parece até de brinquedo, o suntuoso Shwedagon esbanja o luxo e riqueza de detalhes surreais.  Construído em Mianmar, no sudeste da Ásia, o pagode, como são chamados os lugares santos, é um dos poucos imóveis que ainda não perdeu suas origens para a cultura ocidental. Sua arquitetura é repleta de ouro e Budas.

Notre Dame

Localizada na ponta de Paris, a Notre Dame já foi destaque em desenho da Disney e é conhecida por sua imponente fachada de arquitetura gótica e seu interior majestoso. Finalizada em 1345, a catedral foi construída por quase 200 anos.

Grande Mesquita de Ispaã

Edificada no século 8, a Grande Mesquita de Ispaã, também conhecida como mesquita do Imam,  é a mais bela da cidade de Ispaã e faz parte do Patrimônio Mundial da Humanidade, de acordo com a UNESCO. Em tons azuis, sua cúpula forma um mosaico encantador.

Basílica de Santa Sofia

Com uma abóbada com mais de 60 metros de altura, a Basílica de Santa Sofia é um imóvel daqueles que a gente acha que não existe de tão incrível que é, e que traz uma imagem digna de cartão-postal. Construída ainda na época do Império Bizantino, em Istambul na Turquia, esta Basílica já foi catedral e em 1935 foi transformada em museu.

Catedral de Brasília

Construída pelo mais renomado arquiteto brasileiro, Oscar Niemayer, em 1960, a Catedral de Brasília é formada por uma estrutura composta por 16 colunas curvadas de 70 metros e de aproximadamente 90 toneladas, revestidas com vitrais transparentes e azuis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *