Alimentação Saudável e Filhos

Quanto uma criança deve se preocupar com seu peso, ou quando os pais devem conversar sobre alimentação com seus filhos? Há alguns meses, Michael Gove, ministro de educação do Reino Unido, tirou sua filha de nove anos do balé, pois a criança começou a mostrar preocupação demais com o peso e o corpo. Segundo a mãe, Sarah Vine, colunista do The Times, ela se recusava a comer nos dias de apresentação.

Este é um assunto que deve ser discutido desde cedo, pois os transtornos alimentares são muito comuns. Há uma preocupação constante e crescente com a aparência. Muitos pais ficam receosos na hora de conversar com o filho, pois temem que suas crianças desenvolvam problemas como obesidade ou anorexia, além de preocupação excessiva com aparência.

Abordagem

Não há uma abordagem pronta para debater a questão, mas é preciso falar sobre o assunto, para que se possa evitar o problema, mas com cuidado na forma de dizer. Algumas crianças podem interpretar como uma repreensão, e assim, passarem ou a comer menos do que necessitam com medo de ganharem peso, ou o contrário, exagerarem no consumo de comida para que não estejam abaixo do peso.

Se a criança perguntar algo relacionado ao peso, não hesite e vá direto ao ponto. Muitas crianças começam a ter estas preocupações bem cedo, devido a comentários na escola ou ainda por causa de algo que tenham visto na TV, por exemplo. É preciso resolver os comportamentos que levaram a tal mudança. O importante é deixar claro que as crianças e adolescentes não precisam ser tão rigorosos com eles mesmos.

Prepare-se para a resposta

Se seu filho perguntar se está gordo, é preciso dizer a verdade, mas medindo as palavras, com delicadeza. Se seu filho está acima do peso, encoraje-o a escolher alimentos mais saudáveis, pois ele pode ser vítima de bullying e xingamentos na escola, por exemplo, então se começa a se preocupar com isso, é porque já deve ter motivos. Mentir só fará com que a criança perca a confiança nos pais.

É fundamental que a família mantenha hábitos saudáveis de alimentação, para que os filhos sigam estes exemplos, e qualquer mudança na alimentação deve ser feita de forma gradual. Se estiver preocupado com o peso dos filhos, mas eles não quiserem discutir sobre isso, vale consultar o médico da família ou escola.  Não é preciso controlar a alimentação das crianças, mas guia-las. Evite piadas de peso perto de crianças, pois ela pode interpretar como uma atitude certa.

Isso também vale para a própria aparência: as crianças costumam se espelhar muito nas mães, mas nunca diga que está de dieta.  Se alguém em casa estiver frequentando o Vigilantes do Peso ou emagrecendo com Herbalife, por exemplo, não é necessário esconder. Mas sim, ensiná-los de que formas é possível lidar com o problema do sobrepeso. É preciso montar um cardápio variado e nutricional para que as crianças não passem por estes problemas em relação ao próprio corpo.

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar
wpDiscuz