A Tecnologia e a Sustentabilidade

A grande pressão atual pela necessidade de sustentabilidade têm mobilizado muitas pessoas. Algumas separam o lixo pra ajudar na reciclagem, outras entram em projetos de organizações, outros, donos de empresas, adotam serviços e planos que também ajudem na economia da empresa e não prejudique o meio ambiente, como a substituição de produtos descartáveis por outros, mais duráveis, ou como os serviços de outsourcing de impressão, que evitam o desperdício de papel.

Sem dúvidas, o mundo têm estado preocupado. O conceito de sustentabilidade também tenha se tornado grandioso devido à grande propagação do assunto na TV e na internet, que cada vez exerce uma influência maior entre as pessoas.

Jornais e livros – do papel para a tela

A internet sem dúvidas, tem grande influência, principalmente entre os mais jovens. E pode ser uma aliada à sustentabilidade. Embora haja muita pirataria na rede, muitos autores de livros com venda online colocam duas versões de suas obras: a física, para entrega através dos Correios e uma versão e-book, para ser baixada e lida na tela de um computador ou celular, iPad, etc. Isso ajuda de alguma forma.
Quando este formato surgiu, muita gente criticou.

Muita gente acredita que mesmo que as vendas de e-books e assinaturas de jornal online cresçam, os livros/jornais físicos não sairão de circulação tão fácil assim. Mas esse não é o objetivo. Porém, se formos pensar pela sustentabilidade e preservação do planeta, livros e jornais online podem estar ajudando – e muito.

Como as mídias online podem estar ajudando?

Muitas pessoas passaram a optar por esse tipo de mídia online. Com isso, há a diminuição da produção e gasto de papel, que no caso de jornais, com mais facilidade, poderiam ir parar no lixo, contribuindo para mais poluição. As pessoas que optam por ler um livro ou ver as notícias do dia através de uma tela estão ajudando mesmo que inconscientemente. Mas ainda assim, não se pode ignorar a pirataria, que com certeza não ajuda em nada – muitos autores não disponibilizam seus livros como e-book, com medo de que alguém mal intencionado compre e disponibilize, favorecendo a pirataria de seus materiais.

A venda – e compra – de livros e jornais físicos não é algo ruim, de forma alguma. Mas se você sabe que irá comprar um livro, no estilo manual, por exemplo, que será utilizado uma ou duas vezes, para consultas apenas, por quê não comprar a versão online se estiver disponível? Depois, aquele livro ou o jornal mesmo pode ficar na estante, pegando poeira, até se tornar lixo.

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar
wpDiscuz