A Melhor Dieta é Substituir Alimentos

Você já ouviu falar em substituição de alimentos? É uma “técnica” que parece simples, mas no começo precisa de foco, pois não é tão fácil quanto parece… Quando as pessoas planejam emagrecer, logo pensam em dietas restritivas, privações e sacrifícios, mas isso nem sempre é a realidade.

Muitas vezes, é permitido comer de tudo, só que com moderação e em horários específicos. Ou é recomendado substituir refeições por outras, mais leves, mas que contenham a mesma quantidade ou até mais nutrientes, mas que não deixe a pessoa com vontade de comer “algo diferente”.

Substituir de forma eficiente

Para isso, é preciso fazer substituições utilizando o bom senso. Por exemplo, não adianta trocar o sorvete de chocolate por um frozen yogurt, que é bem mais leve, mas encher a sobremesa de caldas e confeitos, fazendo ficar mais ou tão calórico quanto o sorvete. Se quer realmente mudar os hábitos alimentares e eventualmente perder peso, será preciso um esforço e conhecimento, sem exageros. São pequenos hábitos, aliados com uma rotina saudável com exercícios, que ajudam a manter a forma e a saúde.

É possível trocar ingredientes de pratos também, tais como utilizar opções light em vez de comuns, trocar os tipos de queijo consumidos no lanche, por exemplo, além da quantidade. Há pessoa que gostam de fatias generosas, mas o número de calorias aumenta, e muito. Em vez de queijo amarelo, que é mais gorduroso, escolha queijo branco. Em vez de pizza de quatro queijos, escolha uma de mozzarella. Na hora da refeição, opte por bebidas menos açucaradas, tais como sucos naturais, ou até mesmo água. No lanche da tarde, opte por shakes, aqueles que auxiliam na dieta, tais como BioSlim e shake Herbalife, os mais conhecidos.

Como isso pode ajudar?

O pensamento para entender esse tipo de “dieta” é mais simples do que parece. Substituindo diversos alimentos muito calóricos por outros mais leves, por dia, há uma diminuição significante de calorias ingeridas, e a pessoa não se priva tanto de alimentos saborosos. Ao final de uma semana, por exemplo, será uma boa quantidade de calorias não ingeridas, o que permitirá uma perda de peso saudável, sem mudanças bruscas, mas de forma a conciliar melhores hábitos alimentares e uma perda de peso saudável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *