A História do Trigo no Brasil

E comum ligarmos a TV pela manhã e ver programas voltados para a agricultura que apresentam a cotação do trigo diariamente, mais comum ainda é tomar aquele cafezinho acompanhado de um delicioso pão francês, entretanto, poucas pessoas conhecem sobre a história dele. O homem cultiva essa planta a aproximadamente 6.000 anos, triturando-o em pedras para aproveitar a farinha. Atualmente ele é um dos grãos mais importantes para o agronegócio no Brasil, mas você sabe como ele chegou até aqui?

O trigo brasileiro é cultivado por aqui desde a chegada dos portugueses. Eles, como bons europeus que são, tentaram incutir a produção dele no solo nacional, e podemos perceber que conseguiram. Segundo historiadores o grão chegou ao Brasil através do navio de Martim Afonso, que desembarcou em São Vicente, no ano de 1534, entretanto, os agricultores lusitanos da região sofreram para cultivar a planta no litoral, pois o calor era bastante intenso, dificultando o desenvolvimento das sementes. Por alguns anos o trigo fez muita falta para os portugueses que viviam no Brasil, pois a história acumula cartas que foram dirigidas a Portugal, tendo como conteúdo toneladas de reclamações sobre o preparo dos pães com farinha de mandioca, que era bastante usada pelos indígenas e de fácil cultivo aqui.

O trigo foi levado para o sul do país, onde o clima já era um pouco mais ameno, a planta se aclimatou e começou a se desenvolver, porém, no século XVIII as plantações foram atacadas por ferrugem, uma espécie de fungo que causava diversas doenças nas plantas e durante essa época o trigo entrou praticamente em extinção. O problema se espalhou rapidamente por diversas fazendas e a falta do grão voltou a fazer parte da realidade dos brasileiros. Depois de quase desparecer devido ao problema das pragas, o trigo volta, dessa vez plantado pelas mãos dos imigrantes alemães, que também ajudaram a difundi-lo na panificação.

A partir do ano de 1940, a cultura do trigo começou a se desenvolver em passos largos no sul do país, em especial nos estados do Paraná e Rio Grande do Sul. Os dois estados ainda lideram os rankings de produção desse grão, e um destaque especial é para o Rio Grande, que produziu, no último ano, mais de duas toneladas.

O trigo está presente no dia-a-dia do brasileiro, em diversos pratos e situações, e podemos afirmar que ele foi uma das grandes benfeitorias que os portugueses deixaram por aqui. Provavelmente, você deve ter algumas receitas e dicas sobre o trigo, não é? Participe deixando um comentário e agregando mais informação para esse conteúdo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *