A Era dos Apartamentos Compactos: Como Comprar e Decorar o Meu?

Seja pela alta valorização natural dos imóveis, seja pela correria da vida urbana que aumenta a cada dia, a tendência de compra por apartamentos compactos vem aumentando significativamente.

Isso porque, hoje todos querem morar em regiões centrais ou perto do trabalho e ter uma vida prática e funcional, além do fato de que as famílias foram ficando menores.

Separações, casais com um ou nenhum filho, pessoas solteiras vivendo sozinhas ou procurando comprar seu primeiro imóvel, deram força a essa nova tendência de apartamentos compactos.  Imóveis de três ou quatro cômodos se mostraram ineficientes para esse novo mercado, e hoje, os apartamentos que mais são vendidos tem em média 50, 60 e 70m².

Para comprar

Quando se pensa em comprar um apartamento, independente de seu tamanho em m², deve-se tomar cuidado com uma série de detalhes para não correr riscos e nem cometer erros na compra desse bem tão importante.

Programe-se

O primeiro passo é ver quanto você pode gastar e quanto pode investir. Muitos especialistas afirmam que a compra da casa própria é o momento mais importante da vida de um adulto. Então, programe seus gastos pensando em você e sua família em curto, médio e longo prazo.

Prepare o bolso

Você deve pensar em qual é a melhor forma de pagar. Se for precisar de um financiamento, procure dar uma boa entrada, e guardar um dinheiro reserva. Mesmo se você pagar seu apartamento a vista, é necessário ter uma reserva financeira para arcar com os custos que envolvem a documentação do imóvel. Os custos do ITBI (Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis) e as taxas de registros cartorários correspondem em média a 4% do valor de compra da propriedade

Encontre uma boa empresa

Você deve sempre checar a credibilidade da empresa e o depoimento de pessoas sobre ela. Se você estiver comprando o imóvel na planta, a atenção deve ser dobrada. Pesquise sempre o histórico da incorporadora e construtora antes de fechar negócio.

Decida a localização.

Mesmo que você não tenha a intenção de morar no apartamento adquirido, ou seja, está comprando para investimento, você deve pensar em todas as questões que podem envolver a vida de quem irá viver no local. Verifique se a região possui risco de ter enchentes, se a violência é muito grande, se tem escolas, universidades e supermercados perto, como funciona o transporte público e as vias de transporte e quais são as chances de valorização.

Qualquer imóvel tem a tendência natural de ser valorizado com o tempo, porém, um apartamento que fica próximo a um local onde irá abrir uma nova universidade, por exemplo, recebe uma valorização maior. Procure informações locais, verifique veículos de comunicação e converse com os futuros vizinhos se for necessário.

Conheça o contrato

Leia, conheça as clausulas e entenda o seu contrato de compra.

Para decorar

Com uma pesquisa na internet podemos ver vários projetos inspiradores para apartamentos compactos que comprovam que, por mais que seu espaço seja reduzido, pode se tornar bastante aconchegante, prático, funcional e, claro, muito bonito.

Contratar um arquiteto, design de interiores ou decorador é uma ótima ideia para otimizar seu espaço, porém, se você tiver poucos recursos à disposição, nada impede que a decoração seja feita por você, e muito bem feita. Atente-se aos principais detalhes que devem ser trabalhados:

Fazer uso de espelhos

Espelhos tem a função de criar a sensação de profundidade aos ambientes. Quando bem colocados, farão com que seu espaço aparente ser muito maior do que é.

Utilize cores claras

As cores claras, como bege e branco, estão sendo bastante utilizadas ultimamente, principalmente porque elas permitem a vantagem de criar ambientes mais abertos e com aspecto clean, o que amplia os espaços.

Pense em usar cozinhas americanas

Elas são bastante funcionais e bonitas. Se o seu projeto original não oferecer uma cozinha americana, você pode considerar a hipótese de reformar o espaço, desde que não comprometa a estrutura do empreendimento. Por isso, lembre-se sempre de consultar a construtora.

Priorize a circulação

Espaços reduzidos necessitam ser muito bem pensados para não ficarem apertados, Procure não deixar nada em locais onde as pessoas precisem andar. Não utilize, por exemplo, mesinhas de centro na sala. A máxima para fazer uma boa decoração é pesquisar! Procure ideias no seu dia a dia, pesquise preços, e o mais importante: pense em como será a utilização daquele ambiente.

Com um pouco de cuidado e paciência, desde a compra até a decoração, seu apartamento poderá ser um verdadeiro lar! Dica: Para mais informações de decoração achei a área de dicas dessa empresa muito interessante. Vale a pena conferir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *