10 Razões Para Você Consumir Alimentos Orgânicos

Você sabe o que são os produtos orgânicos? Eles são alimentos produzidos sem a utilização de produtos sintéticos, ou seja, vegetais sem agrotóxicos ou fertilizantes e animais sem hormônios ou antibióticos. Cabe então a pergunta: Quais são os benefícios ao consumir alimentos orgânicos? Seguem aqui dez razões para fazê-lo

1) Por sua Saúde: ao comprar orgânicos, você está prevenindo doenças causadas pela ingestão de produtos químicos. Os resíduos de agrotóxicos nos alimentos podem causar alergias, problemas respiratórios, distúrbios hormonais, problemas neurológicos e, em casos extremos, câncer.

2) Pelo Sabor: os orgânicos são mais saborosos, a causa disso está principalmente pela agricultura orgânica não utilizar fertilizantes que aceleram o metabolismo das plantas. Por isso eles também duram  mais.

3) Pelos nutrientes: alimentos orgânicos possuem mais nutrientes do que os cultivados pela agricultura tradicional. Isso por que o solo está mais rico em nutrientes, pois utilizam adubos naturais que procuram balancear o seu valor nutritivo.

4) Pelos recursos naturais: a agricultura orgânica protege os lençóis d’água de serem contaminados por produtos químicos. Além de proteger o solo da esterilidade pelos mesmos motivos. Considerando que o Brasil é o campeão mundial em consumo de agrotóxico, é bem possível que a água que seus filhos bebem deva estar contaminada. Dados da Agência de Proteção Ambiental Americana revelam que a ação de pesticidas causadores de câncer já está presente em mais de 50% da água dos Estados Unidos, imagine aqui…

5) Pela agricultura familiar: os produtores de orgânicos são, em sua maioria, pequenas famílias. A sustentabilidade do campo está ligada à agricultura familiar, ela deve ser valorizada, só assim é possível reduzir a migração do campo para a cidade. Outra questão séria que a alimentação orgânica ajuda a prevenir é o envenenamento dos agricultores pelo manuseio dos agrotóxicos, o que leva, na maioria das vezes danos irreversíveis a saúde causando até a morte. O sustento dessas famílias é garantido pelo preço justo (fair trade) praticado, sem exploração, por isso os orgânicos custam mais caro.

6) Pela biodiversidade: um dos métodos de cultivo da agricultura orgânica é a cultura mista, assim o plantio de diferentes espécies é feita no mesmo terreno, preservando o ecossistema. Sem a utilização de agrotóxicos, insetos, pássaros e outros bichos são bem-vindos à lavoura, as pragas são controladas com a utilização de métodos ecológicos, ou seja, orgânicos.

7) Pelas crianças: as crianças são os alvos mais vulneráveis da agricultura tradicional. Segundo um relatório do Environmental Working Group (Grupo de Trabalho Ambiental), quando uma criança completa um ano de idade, já recebeu a dose máxima de agrotóxicos que seria permitida para uma vida inteira.

8) Pela economia de energia: o petróleo é o principal insumo na produção de fertilizantes e adubos químicos, e para transformar ele na matéria prima desejada o óleo passa por diversos processos mecanizados de transformação, onde muita energia é consumida. Na agricultura orgânica o adubo é de origem biológica.

9) Para conter o avanço dos transgênicos, hormônios e antibióticos: parece que hoje vale tudo em nome do aumento da produtividade. A natureza é sábia e as manipulações indiscriminadas do homem com o uso de transgênicos na agricultura e antibióticos e hormônios nos animais podem trazer impactos severos no futuro, para a saúde do homem e para o planeta.

10) Pela certificação: vale a pena destacar também que os produtos naturais clamam pelos mesmos valores, mas diferentemente dos produtos orgânicos, eles não são certificados, e por isso não há garantias de que o produto foi produzido de forma natural. Já os alimentos, para ter no rótulo o nome “orgânico” associado, deve passar por avaliação de uma certificadora. A qualidade do produto orgânico é garantida pelo selo de certificação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *